Hōs me e o sentido da carne: um olhar sobre o homo sacer contemporâneo

  • Ricardo Geraldo de Carvalho Pontíficia Universidade Católica de Campinas
  • Glauco Barsalini Pontifícia Universidade Católica de Camipnas
Palavras-chave: Hōs me, Sarx, Basar, Homo sacer, Giorgio Agamben, Apóstolo Paulo,

Resumo

Com a máxima “Pois quando sou fraco, então é que sou forte”, Paulo Apóstolo convoca as pessoas a fazerem um novo uso de si, tornando-se libertas na medida em que se prestem a servir a Deus. Atento ao problema da exclusão (inclusiva), própria à modernidade, motivo do reaparecimento do homo
sacer no mundo atual, Giorgio Agamben relê a tese paulina e, ao propor um novo uso da teologia, coloca no centro do debate científico o termo hōs me (como não), apresentando possíveis saídas para a dissolução da violência política e jurídica que é, para ele, na história moderna, responsável pela criação da tensão entre a civilização e a barbárie. Nesse contexto, o homo sacer (vida nua) pode ser compreendido menos como a máxima expressão da finitude e mais como a revelação extrema da potência humana, a justificar o abandono dos mecanismos que o recriam e, com isso, o início de uma nova condição de humanidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Geraldo de Carvalho, Pontíficia Universidade Católica de Campinas
Possui graduação em Fiosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas(2005), graduação em Bacharelado em Teologia pelo Pontifício Ateneu Santo Anselmo / Instituto Teológico São Paulo(2010) e especialização em Formadores de Presbíteros Diocesanos pelo Instituto Santo Tomás de Aquino(2012). Especialização em Bioética  pela Universidade Castólica Portuguesa (2016). Aluno do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da PUC-Campinas, teve a sua dissertação de Mestrado aprovada no dia 05 de fevereiro de 2018 – banca composta pelos Professores Doutores Glauco Barsalini (PUC-Campinas, Orientador), Douglas Ferreira Barros (PUC-Campinas) e António Bartolomeu Jácomo Ferreira (Universidade Católica Portuguesa).
Glauco Barsalini, Pontifícia Universidade Católica de Camipnas
É Professor Pesquisador do Programa de Mestrado em Ciências da Religião e Professor da Faculdade de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). É doutor em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2011), mestre em Multimeios pela UNICAMP (2001), bacharel e licenciado em Ciências Sociais pela UNICAMP (1995; 1997), bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC-Campinas (2002). Sua trajetória acadêmica tem se pautado por estudos e reflexões a respeito do poder social e de suas relações com o poder do Estado. Nesse diapasão, cultura e identidade cultural, poder coletivo e poderes estatal e jurídico, direitos humanos e o problema da exclusão social têm se conformado como as principais chaves de suas reflexões. Atualmente estuda as relações entre a teologia e a política na contemporaneidade.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O uso dos corpos: Homo sacer, IV, 2. São Paulo: Boitempo, 2017.

______. O que resta de Auschwitz: o arquivo e a testemunha. São Paulo: Boitempo, 2008.

______. Homo Sacer: o poder soberano e a vida nua. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2002.

BARBAGLIO, Giuseppe. As cartas de Paulo I. Tradução e Comentário. São Paulo: Loyola, 1989.

BÍBLIA. A Bíblia de Jerusalém. 3. ed. São Paulo: Paulus, 2004.

CANTO SPERBER, Monique (Org.). Dicionário de ética e filosofia moral. São Leopoldo: Unisinos, 2013.

DETTWILER, Andreas; KAESTLI, Jean-Daniel; MARGUERAT, Daniel. Paulo, uma Teologia em Construção. São Paulo: Loyola, 2011.

DUNN, James D. G. A teologia do apóstolo Paulo. São Paulo: Paulus, 2003.

MOULIN, Anne Marie. O corpo diante da medicina. In: CORBIN, Alain; COURTINE, Jean-Jacques;

VIGARELLO, Georges. História do corpo: As mutações do olhar: O século XX. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

TODOROV, Tzvetan. Situações Extremas. In: CANTO-SPERBER, Monique.

ZUMSTEIN, Jean. A cruz como princípio de constituição da teologia paulina. In: DETTWILER,

Andreas; KAESTLI, Jean-Daniel; MARGUERAT, Daniel. Paulo, uma Teologia em Construção. São

Paulo: Loyola, 2011.

Publicado
2018-09-18
Seção
Teologia e questões contemporâneas