Deuteronômio, portal da história deuteronomista

  • Cássio Murilo Dias da Silva Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção
Palavras-chave: Deuteronômio. Sagrada Escritura. Antigo Testamento.

Resumo

O autor do artigo segue a opinião de que houve duas redações para o livro do Deuteronômio e os “quatro livros de Moisés”, chamada Obra Histórica Deuteronomista (OHDtr), e analisa a relação entre o livro do Deuteronômio com os “profetas anteriores”: Josué, Juízes, Samuel e Reis. Assim, o artigo apresenta uma abordagem sincrônica do Deuteronômio e da OHDtr, supondo que o Deuteronômio de que se fala é o Deuteronômio em sua redação final, por obra do mesmo redator (ou grupo) que compilou os livros proféticos que o seguem. Por isso, o autor considera o livro do Deuteronômio como um “portal” à OHDtr. Nesta perspectiva, o autor analisa cinco temas teológicos e jurídicos presentes no Deuteronômio, concluindo com o tema da Aliança e com uma análise da forma (vocabulário, expressões e estilo) do livro em pauta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cássio Murilo Dias da Silva, Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção
Acesso ao currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0644542740426095