Estudo comparativo entre alunos superdotados e não-superdotados em relação à inteligência e criatividade

  • Fernanda do Carmo Gonçalves
  • Denise de Souza Fleith Universidade de Brasília
Palavras-chave: inteligência, criatividade, superdotação, alunos superdotados.

Resumo

Esse estudo objetivou comparar níveis de criatividade e inteligência entre alunos superdotados e não-superdotados e examinar a relação entre os dois fenômenos nos dois grupos. Participaram 21 alunos superdotados e 27 não-superdo- tados do 6º ano do ensino fundamental de uma escola pública em Minas Gerais. Foram utilizados os instrumentos Matrizes Progressivas de Raven – Escala Geral e Teste Torrance de Pensamento Criativo. Não foi encontrada relação entre inteligência e criatividade em nenhum dos grupos e nem diferença entre superdotados e não-superdotados quanto à inteligência. Para criatividade, os resultados apontaram diferenças significativas na originalidade verbal e figurativa. Os superdotados obtiveram médias superiores em comparação aos não-superdotados. Os resultados indicam a importância de se considerar, no processo de identificação, a diversidade de características presentes nos indivíduos superdotados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise de Souza Fleith, Universidade de Brasília
Professora associada do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília.
Publicado
2011-01-12
Como Citar
Gonçalves, F. do C., & Fleith, D. de S. (2011). Estudo comparativo entre alunos superdotados e não-superdotados em relação à inteligência e criatividade. Psico, 42(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/view/7154
Seção
Artigos