Linguagem, sentido e contexto: considerações sobre comunicação e história

  • Ana Paula Goulart Ribeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Bruno Guimarães Martins Universidade Federal de Minas Gerais
  • Elton Antunes Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Contexto, Comunicação, História

Resumo

O artigo discute as dificuldades de se pensar a noção de contexto histórico no âmbito da pesquisa comunicacional. Dialogamos com proposições das teorias da linguagem que refletem sobre a linguagem, seu caráter performativo e sua materialização nos meios de comunicação, e da teoria da história, especialmente a tradição que persegue continuidades e descontinuidades de uma história cultural. Nossa discussão encaminha-se em torno de duas proposições básicas: 1) a maneira como o conceito de contexto, compreendido de forma automática, impõe uma qualidade referencial ao texto histórico nos estudos do fenômeno comunicativo que oculta, justamente, seus aspectos comunicacionais; 2) a compreensão de que inverter a percepção dos meios de comunicação como parte de um “fundo” sócio histórico para a de uma “figura” de uma história cultural pode fortalecer a reflexão acerca da historicidade no campo da comunicação. Tal movimento poderá contribuir para que a ilusão do contexto seja ultrapassada por uma perspectiva heurística no campo da pesquisa em comunicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Goulart Ribeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Escola de Comunicação
Bruno Guimarães Martins, Universidade Federal de Minas Gerais
Professor Adjunto do Departamento de Comunicação Social
Elton Antunes, Universidade Federal de Minas Gerais
Departamento de Comunicação Social

Referências

AUSTIN, J. L. How to do things with words. Cambridge, Massachussets: Harvard University Press, 1962.

AUTHIER-REVUZ, J. Entre a transparência e a opacidade. Porto Alegre: Edipucs, 2004.

AUTHIER-REVUZ, J. Heterogeneidade(s) enunciativa(s). Cadernos de estudos lingüísticos, Campinas, UNICAMP – IEL, n. 19, jul./dez.,1990.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

__________. Problemas da poética de Dostoiévski. Tradução de Paulo Bezerra. 5. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

CERTEAU, Michel De. L’ecriture de l’histoire. Paris: Gallimard, 1975.

FOUCAULT, M. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. História e narração em Walter Benjamin. São Paulo: Perspectiva: Campinas: Editora da Unicamp, 1994.

GOMBRICH, E. H. Arte e ilusão: um estudo da psicologia da representação pictórica. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

GUIMARÃES, César; FRANÇA, Vera. Experimentando as narrativas no cotidiano. ______. (Orgs.). Na mídia na rua: narrativas do cotidiano. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

gumbrecht, H. U. Modernização dos sentidos. São Paulo: Ed. 34, 1998.

______. Em 1926: vivendo no limite do tempo. Rio de Janeiro: Record, 1999.

HOUAISS, A. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

JAKOBSON, Roman. Lingüística e comunicação. São Paulo: Editora Cultrix, 2008.

LUHMANN, Niklas. A realidade dos meios de comunicação. São Paulo: Paulus, 2005.

PARRET, Herman. L’énonciation en tant que déictisation et modalisation, Langages. Paris: Walter de Gruyter GmbH & Co KG, 1983.

PINTO, Milton José. Comunicação e discurso: introdução a análise de discursos. São Paulo: Hacker Editores, 1999.

POPPER, Karl. O mito do contexto. Lisboa: Edições 70, 2009.

RANCIÈRE, Jacques. O conceito de anacronismo e a verdade do historiador. In: SALOMON, Marlon (org.). História, verdade e tempo. Chapecó: Argos, 2011.

RORTY, Richard. The linguistic turn. Recent essas in Philosophical Method. Chicago and London: The University of Chicago Press, 1967.

THOMPSON, John B. Ideologia e cultura moderna. Petrópolis: Vozes, 1995.

WHITE, Hayden. Metahistory: The historical imagination in the nineteenth-century Europe. Baltimore & London: The Johns Hopkins University Press, 1973.

______. Trópicos do discurso: Ensaios sobre a crítica da cultura. São Paulo: Edusp, 1994.

Publicado
2017-08-01
Como Citar
Ribeiro, A. P. G., Martins, B. G., & Antunes, E. (2017). Linguagem, sentido e contexto: considerações sobre comunicação e história. Revista FAMECOS, 24(3), ID27047. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2017.3.27047
Seção
Dossiê