O jornalismo literário e a academia no Brasil: fragmentos de uma história

Palavras-chave: Comunicação, jornalismo literário, cultura

Resumo

Em decorrência do sentido simbólico – e seu efeito motivador – de realização da Conferência Anual da IALJS no Brasil, em 2016, faz-se um esboço inicial de mapa histórico tentativo da presença do jornalismo literário na academia brasileira, especialmente quanto ao seu ensino na pós-graduação e na graduação. Contribui para uma amostra do estado atual da atividade nas universidades brasileiras, aceitando seu caráter provisório e incompleto, mas registrando uma memória inicial da atividade. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edvaldo Pereira Lima, Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. Curso de Pós-Graduação em Jornalismo Literário(epl).

Professor-Doutor da Escola de Comunicações e Artes da ECA-USP. Diretor, coordenador e professor do Curso de Pós-Graduação em Jornalismo Literário, (epl), único do gênero no país, administrado pela empresa Educação, Comunicação e Desenvolvimento Humano Ltda. 

Referências

ALEKSIÉVITCH, Svetlana. A Guerra não tem rosto de mulher. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

ALEKSIÉVITCH, Svetlana. Vozes de Tchernóbil: a história oral do desastre nuclear. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

CRUZ, Christian Carvalho. Entretanto, foi assim que aconteceu. Porto Alegre: Arquipélago, 2011.

HARTSOCK, John C. A History of American literary journalism. Boston e Amherst: University of Massachusetts Press, 2001.

LIMA, Edvaldo Pereira. Jornalismo literário para iniciantes. São Paulo: Edusp, 2014.

_____. Páginas ampliadas: o livro-reportagem como extensão do jornalismo e da literatura – jornalismo literário. 4. ed. São Paulo: Manole, 2009.

_____. Por trás do tapete mágico – histórias da aviação. São Paulo: plataforma editorial Clube de Autores. Disponível em: https://www.clubedeautores.com.br/book/215281Por_Tras_do_Tapete_Magico-2016. Acesso em: 23 ago. 2016.

_____. Memórias do futuro: Jornalismo Literário Avançado no século XXI. Inovcom, São Paulo, Intercom, v. 6, n. 1, p. 12-23, 2014.

_____. O que é livro-reportagem. São Paulo: Brasiliense, 1993.

MARTINEZ, Monica. Jornada do herói: a estrutura narrativa mítica na construção de histórias de vida em jornalismo. São Paulo: Annablume e Fapesp, 2008.

MEDINA, Cremilda. A Arte de tecer o presente: narrativa e cotidiano. São Paulo: Summus, 2003.

MEDINA, Cremilda. Notícia: um produto à venda. São Paulo: Summus, 1988.

SIMS, Norman. True stories: a century of literary journalism. Evanston: Northwestern University Press, s/d.

SIMS, Norman e Mark Kramer (Ed.). Literary journalism. Nova York: Ballantine, 1995.

VILAS-BOAS, Sérgio. Biografismo: reflexões sobre as escritas da vida. São Paulo: Unesp, 2014.

_____. Perfis – o mundo dos outros – 22 personagens e 1 ensaio. São

Paulo: Manole, 2014.

VILAS-BOAS, Sérgio. (Org.) Jornalistas literários – narrativas da vida real por novos autores brasileiros. São Paulo: Summus e ABJL, 2007.

WOLFE, Tom; E. W. Johnson. The new journalism. Londres: Picador, 1973.

Publicado
2016-09-22
Como Citar
Lima, E. P. (2016). O jornalismo literário e a academia no Brasil: fragmentos de uma história. Revista FAMECOS, 23(4), ID25024. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2016.s.25024