Cartas cristãs como mídia comunitária: o que Paulo de Tarso pode ensinar sobre comunicação popular?

  • Kevin Willian Kossar Furtado Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)
  • Sérgio Luiz Gadini Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)
Palavras-chave: Mídia comunitária, Cartas cristãs, Teorias do Jornalismo

Resumo

É possível indicar aspectos de mídia comunitária nas cartas cristãs do apóstolo Paulo de Tarso? Quais elementos possibilitam compreender e discutir alguma perspectiva de interesse coletivo e comunitário nas epístolas que ganharam o mundo, mais de 20 séculos depois de elaboradas? Este é o objetivo reflexivo do presente texto. Para isso, além dos conceitos de comunicação comunitária, e uma contextualização do cenário em que as cartas paulinas foram produzidas e divulgadas, o texto trabalha com as referências conceituais do Jornalismo apresentadas por Tobias Peucer (2004) e Otto Groth (1966). Para além de uma agenda de temas voltados aos interesses dos grupos com que dialogava, as cartas do apóstolo cristão desempenhavam um papel pedagógico e reflexivo para as respectivas comunidades a que os escritos eram dirigidos. Elementos revelam que o hábito de enviar cartas, deste modo, também ajudava concretamente na função – militante, religiosa e comunitária – do apóstolo. O debate conceitual aqui apresentado não visa qualquer apologia dogmática/proselitista, mas antes uma reflexão associativa com uma das marcas tradicionais do Jornalismo: o interesse coletivo, sempre buscado nas produções editoriais, sejam estas para qual segmento ou grupo social a que são destinadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kevin Willian Kossar Furtado, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Mestre em Ciências Sociais Aplicadas e bacharel em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Professor substituto no Departamento de Jornalismo da UEPG. Editor gerente da Revista Brasileira de Ensino de Jornalismo. E-mail: [email protected]

Sérgio Luiz Gadini, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e jornalista pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Coordenador do Programa de Pós-Graduação (mestrado) em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Referências

BARBAGLIO, Giuseppe. As cartas de Paulo, I. São Paulo: Loyola, 1989. (Coleção bíblica Loyola, v. 4).

BÍBLIA de referência Thompson. Com versículos em cadeia temática. São Paulo: Vida, 2005.

BÍBLIA Sagrada. Nova Versão Internacional. São Paulo: Vida, 2000.

BRIGNOL, Liliane Dutra. Migrações transnacionais e usos sociais da internet: identidades e cidadania na diáspora latino-americana. 2010, 404 f. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) – Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2010.

BRUCE, Frederick F. Paulo: o apóstolo da graça, sua vida, cartas e teologia. São Paulo: Shedd Publicações, 2003.

FAUS BELAU, Angel. A ciência jornalística de Otto Groth. Tradução de Felipe Simão Pontes e Melina de la Barrera Ayres. [Florianópolis]: [s. n.], [200-].

______. La ciencia periodística de Otto Groth. Pamplona: Instituto de Periodismo de la Universidad de Navarra, 1966.

GRAMSCI, Antonio. Os intelectuais e a organização da cultura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1982.

GROTH, Otto. O poder cultural desconhecido: fundamentos da Ciência dos Jornais. Tradução de Liriam Sponholz. Petrópolis: Vozes, 2011. (Coleção Clássicos da Comunicação Social).

KOSSAR FURTADO, Kevin Willian; GADINI, Sérgio Luiz. O jornalismo em forma de carta no primeiro século da Era Cristã: análise das epístolas bíblicas de São Paulo a partir das principais características jornalísticas. Estudos em Jornalismo e Mídia, Florianópolis, v. 10, n. 1, p. 183-204, jan./jun. 2013.

MILLER, Stephen M.; HUBER, Robert V. A bíblia e sua história. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2006.

PEUCER, Tobias. Os relatos jornalísticos. Tradução de Paulo da Rocha Dias. Estudos em Jornalismo e Mídia, São Bernardo do Campo, v. 1, n. 2, p. 13-29, jul./dez. 2004.

PORTER, J. R. A Bíblia – guia ilustrado das escrituras sagradas: história, literatura e religião. São Paulo: Publifolha, 2009. (Coleção referência).

SWINDOLL, Charles R. Paulo: um homem de coragem e graça. São Paulo: Mundo Cristão, 2003. (Série Heróis da Fé, v. 6).

Publicado
2015-09-08
Como Citar
Kossar Furtado, K. W., & Gadini, S. L. (2015). Cartas cristãs como mídia comunitária: o que Paulo de Tarso pode ensinar sobre comunicação popular?. Revista FAMECOS, 22(4), 1-18. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2015.4.20241
Seção
Jornalismo