Jornalismo, sistema artístico e cidade na década de 1950: estudo das Notas de Arte de Aldo Obino no jornal Correio do Povo

  • Mariana Sirena Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Cida Golin Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Jornalismo cultural, Cidade, Aldo Obino

Resumo

Este artigo discute a relação entre jornalismo, sistema artístico e cidade a partir do estudo das Notas de Arte, coluna assinada pelo jornalista Aldo Obino (1913-2007) e veiculada no Correio do Povo, um dos principais jornais de Porto Alegre (RS) no século XX. Considerando que o jornalismo destaca e hierarquiza eventos, sujeitos e espaços do sistema de cultura, reforçando ou tensionando valores da arte e do gosto, esta pesquisa buscou identificar o mapa do circuito artístico da cidade proposto pela coluna na década de 1950. Por meio da análise de 314 textos publicados no período, percebemos que o jornalista fez parte de um coro de exaltação à metrópole. Assumindo a proximidade como principal critério jornalístico, registrou em detalhes a transformação e a institucionalização do sistema de artes; estimulou a participação de jovens artistas e coletivos; e defendeu o intercâmbio com outras capitais como condição decisiva para superar determinadas expressões artísticas e o provincianismo local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Sirena, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Jornalista e mestre em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Cida Golin, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Doutora em Letras pela PUCRS Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS Pesquisadora do CNPq

Referências

ARRUDA, Maria Arminda do Nascimento. Metrópole e cultura: o novo modernismo paulista em meados do século. Tempo soc., v. 9, n. 2, p. 39-52, out. 1997.

ABREU, Alzira. Os suplementos literários: os intelectuais e a imprensa nos anos 50. In: A imprensa em transição: o jornalismo brasileiro nos anos 50. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1996.

ALMEIDA. Armando. Lembranças e envolvimento pessoal – Anos 70, os últimos tempos no foyer. In: GOMES, Paulo; GRECCO, Vera (Org.). MARGS 50 Anos – Memória do Museu. Porto Alegre: MARGS: 2005.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BAUER, Martin. Análise de conteúdo clássica: uma revisão. In: BAUER, Martin; GASKELL, George. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

BURKE, Peter. Uma história social do conhecimento: de Gutenberg a Diderot. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

FRANCISCATO, Carlos Eduardo. A fabricação do presente: como o jornalismo reformulou a experiência do tempo nas sociedades ocidentais. São Cristóvão: Editora UFS; Aracaju: Fundação Oviêdo Teixeira, 2005.

GADINI, Sérgio. Interesses cruzados: a produção da cultura no jornalismo brasileiro. São Paulo: Paulus, 2009.

GOLIN, Cida; KELLER, Sara; CARDOSO, Everton. A cidade no jornalismo cultural: uma perspectiva de Porto Alegre na cobertura do Diário do Sul (1986-1988). Brazilian Journalism Research, SBPjor, v. 8, n. 1, p. 53-69, 2012.

GOLIN, Cida; CARDOSO, Everton; SIRENA, Mariana. Pesquisas sobre jornalismo e sistema de cultura: metodologia para construção de panorâmicas, índices e padrões comparativos entre periódicos. In: JORGE, Thaís de Mendonça (org.). O desafio de apliar a análise de conteúdo no jornalismo digital. Brasília: Insular, 2014.

KRAWCZYK, Flávio. Roteiro do descompasso e da inovação: os salões de artes plásticas em Porto Alegre – 1925/1971. In: BULHÕES, Maria Amélia (org.). Memória em Caleidoscópio: artes visuais no RS. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2005.

LEAL, Bruno Souza; ANTUNES, Elton. O acontecimento como conteúdo: limites e implicações de uma metodologia. In: LEAL, Bruno; ANTUNES, Elton; VAZ, Paulo Bernardo. (Org.) Jornalismo e acontecimento: percursos metodológicos. v.2. Florianópolis: Insular, 2011.

MELO, José Marques de. Jornalismo opinativo: gêneros opinativos no jornalismo brasileiro. Campos do Jordão: Mantiqueira, 2003.

MONTEIRO, Charles. Imagens da cidade nos anos 1950 na imprensa: Porto Alegre. In: XXIII Simpósio Nacional de História – História: guerra e paz, 2005, Londrina. Anais... Londrina: ANPUH, 2005.

MOUILLAUD, Maurice. PORTO, S. (org). O jornal: da forma ao sentido. Brasília, editora UnB, 2002.

OBINO, Aldo. Aldo Obino: notas de arte. Organização: Cida Golin. Porto Alegre: MARGS; Nova Prova; Caxias do Sul: EDUCS, 2002.

PARK, Robert Ezra. A cidade: sugestões para a investigação do comportamento humano no meio urbano. In: VELHO, Otávio Guilherme (org.). O fenômeno urbano. Rio de Janeiro: Zahar, 1973.

RIBEIRO, Ana. Imprensa e história no Rio de Janeiro dos anos 1950. Rio de Janeiro: E-papers, 2007.

SIMON, Círio. A instituição MARGS. In: GOMES, Paulo; GRECCO, Vera (Org.). MARGS 50 Anos – Memória do Museu. MARGS: Porto Alegre, 2005.

SIRENA, Mariana. O circuito artístico de Porto Alegre na década de 1950 a partir do jornalismo: análise da coluna Notas de Arte, de Aldo Obino, no Correio do Povo. 2014. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

SÜSSEKIND, Flora. Papéis colados. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2002.

TRAQUINA, Nelson. Teorias do Jornalismo: porque as notícias são como são. Florianópolis: Insular, 2005. v.1.

Publicado
2015-06-01
Como Citar
Sirena, M., & Golin, C. (2015). Jornalismo, sistema artístico e cidade na década de 1950: estudo das Notas de Arte de Aldo Obino no jornal Correio do Povo. Revista FAMECOS, 22(2), 1-17. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2015.2.18302
Seção
Jornalismo