Praças polifônicas: o som e a música popular como tecnologias de comunicação no espaço urbano

2017-04-20

O artigo dos pesquisadores Luiz Henrique Assis Garcia e Pedro Silva Marra (UFMG) tem como objetivo compreender como, através do uso de som e da música popular, os habitantes da cidade delineiam diferentes práticas para partilhar, disputar e dividir o espaço em duas praças de Belo Horizonte (MG-BR). Para tanto, manipulam sons e seus parâmetros, tais como intensidade, freqüência e espacialidade, e mobilizam diferentes repertórios musicais. Tomando a paisagem sonora como uma técnica metodológica que permite acessar o som e a prática musical localizada no espaço em sua materialidade, foram analisados textos, imagens e sons para demonstrar como as pessoas dão forma a fronteiras e ambiências sonoras - móveis e transitórias, mas recorrentes -  “discotecando” a sonoridade do lugar através de tais tecnologias da comunicação. Acesse o texto completo no link abaixo.

http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/21533/13672