Communication breakdown: a cobertura do show de Robert Plant no festival Lollapalooza à luz do fait divers

2016-09-27

Fábio Cruz, Guilherme Oliveira Curi

Com base em duas matérias publicadas no Portal Terra e no site do G1, os pesquisadores Fábio Cruz (UFPel) e Guilherme Oliveira Curi (UFRJ) propõem a execução de um estudo da estrutura de linguagem do referido corpus analítico sobre o show do cantor inglês Robert Plant e sua banda Sensational Space Shifters no festival Lollapalooza, São Paulo, em março de 2015. Para tanto, os autores adotaram como norte teórico os pressupostos da semiologia, de Roland Barthes (1971), fixada na produção de sentido, em nível verbal, através do tipo de informação. A investigação conta com as noções de fait divers e é conduzida pelo método estruturalista. Acesse o artigo completo pelo link abaixo. 

http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/21316/13485