Implicações epistemológicas da pesquisa sobre novas práticas jornalísticas: por onde começar?

2016-08-25

O artigo das pesquisadoras Myrian Regina Del Vecchio de Lima (UFPR) e Kati Eliane Caetano (UTP) objetiva entender por onde começar uma pesquisa que busque definir as implicações epistemológicas sobre novas práticas jornalísticas. As autoras consideram que há quase duas décadas pesquisadores têm se dedicado a compreender os limites e características do jornalismo contemporâneo que responde por várias denominações, a maioria relacionada com os processos tecnológicos de digitalização e convergência de formatos/suportes.A pesquisa levantou até 2014 inúmeras denominações que designam as novas práticas; os resultados iniciais sinalizam para novas indagações no âmbito da discussão epistemológica sobre o fazer jornalístico contemporâneo, caracterizado pela hibridação de ambientes e fluxos informativos online e offline, dilatação de fontes e autorias e multiplicidade de dispositivos. Acesse o texto completo no link abaixo.

http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/19898/13245