Diversidade na formação inicial de professores: experiências do cotidiano escolar no Pibid

  • Fabrício Oliveira da Silva UNEB - Universidade do Estado da Bahia http://orcid.org/0000-0002-7962-7222
  • Jane Adriana Vasconcelos Pacheco Rios Universidade do Estado da Bahia - UNEB
  • Joana Maria Leôncio Nuñez Universidade do Estado da Bahia - UNEB
Palavras-chave: Experiências formativas, Pibid, Diversidade

Resumo

O artigo tem como objeto de estudo as experiências formativas relacionadas à diversidade de estudantes da licenciatura, bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Analisa as compreensões de licenciandos de Pedagogia e de Ciências Sociais na iniciação à docência, considerando suas vivências no subprojeto interdisciplinar: “Diversidade e Docência na Educação Básica”. Ancora-se na pesquisa qualitativa, tendo como dispositivos observações, rodas de conversas e entrevistas. Utiliza a abordagem metodológica da (auto)biografia relacionada à diversidade no contexto escolar, particularmente as ligadas às relações étnico/raciais, diversidade de gênero e sexualidades sob o ponto de vista da afirmação dos direitos humanos. Como resultado, tem-se o foco de análise dos estudantes ancorado numa perspectiva de entendimento intercultural sobre a diversidade, fato que favorece o desenvolvimento de análise que considera a realidade dos estudantes da escola básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício Oliveira da Silva, UNEB - Universidade do Estado da Bahia
Doutorando em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade - PPGEduC da Universidade do Estado da Bahia - UNEB. Mestre em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo - USP. Professor assistente da Universidade do Estado da Bahia, lotado no Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias - DCHT - Campus XVI. Membro do Grupo de Pesquisa Docência, Narrativas e Diversidade na Educação Básica - DIVERSO, vinculado ao PPGEduC - UNEB

Referências

ARROYO, Miguel. Currículo, território em disputa. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

BRITZMAN, Deborah. Curiosidade, sexualidade e currículo. In: LOURO, Guacira (Org.). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p. 83-111.

CANDAU, Vera Maria (Org.). Didática crítica intercultural: aproximações. Petrópolis: Vozes, 2012.

CANEN, Ana; MOREIRA, Antônio Flávio Barbosa. Reflexões sobre o multiculturalismo na escola e na formação docente. In: CANDAU, Vera Maria (Org.). Ênfase e omissões no currículo. Campinas: Papirus, 2001. p. 15-43.

CRENSHAW, Kimberlé. Documento para o Encontro de Especialistas em Aspectos da Discriminação Racial Relativos ao Gênero. Estudos Feministas (01), 2002. p. 171-263.

DELORY-MOMBERGER, Christine. Os desafios da pesquisa biográfica em Educação. Trad. Livia Fialho Costa. In: SOUZA, E. C. (Org.). Memória, (auto)biografia e diversidade: questão de método e trabalho docente, Salvador: Eduneb, 2010.

DOMINICÉ, Pierre. L’ histoire de vie comme processus de formation. Paris: L’Harmattan, 1990.

DUBAR, Claude. A socialização: construção das identidades sociais e profissionais. Trad. Andréa Stahel M. da Silva. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

FLEURI, Reinaldo Matias. Multiculturalismo e interculturalismo nos processos educativos. In: CANDAU, Vera Maria (Org.). Ensinar e aprender: sujeitos, saberes e pesquisa. Rio de Janeiro: DP&A, 2000. p. 67-81.

FINGER, Matthias. As implicações socioepistemológicas do método biográfico. In: NÓVOA, António; FINGER, Matthias (Orgs.). O método (auto)biográfico e a formação. Natal: Edufr; São Paulo: Paulus, 2010. p. 119-128.

FOUCAULT, M. O sujeito e o poder. In: DREYFUS, H.; RABINOW, P. Michel Foucault. Uma trajetória filosófica: para além do estruturalismo e da hermenêutica. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2011. p. 231-249.

GARCIA, Carlos Marcelo. Para uma mudança educativa. Portugal: Porto Editora, 1999.

GIDDENS, Anthony. As conseqüências da modernidade. Tradução de Raul Fiker. São Paulo: Editora Unesp, 1991.

GUIMARÃES, V. S. Formação de professores: saberes, identidade e profissão. 3. ed. Campinas: Papirus, 2006.

JOSSO, Marie-Christine. História de vida e projeto: a história de vida como projeto e as “histórias de vida” a serviço de projetos. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 25, n. 2, p. 11-23, 1999.

LOURO, G. L. O currículo e as diferenças sexuais e de gênero. In: COSTA, M. V. (Org.). O currículo nos limiares do contemporâneo. Rio de Janeiro: DP&A, 2011. p. 85-92.

MATOS, Edilene Dias. Cultura popular: reflexões. In: ALVES, Paulo César. Cultura: múltiplas leituras. São Paulo: Edusc; Salvador: Edufba, 2010. p. 77-92.

NÓVOA, António; FINGER, Mathias. O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: MS/DRHS/CFAP, 1988. p. 63-77.

NÓVOA, António. Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

RIOS, Jane Adriana Vasconcelos Pacheco. Ser e não ser da roça, eis a questão! Identidades e discursos na escola. Salvador: Edufba, 2011.

RODRIGUES, Tatiane Cosentino. Abramowicz, Anete. O debate contemporâneo sobre a diversidade e a diferença nas políticas e pesquisas em educação. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 39, n. 1, p. 15-30, jan./mar. 2013.

SANTOS, J. L. dos. O que é cultura. São Paulo: Editora Brasiliense, 2006. 110 p. (Coleção Primeiros Passos).

SCOZ, Beatriz J. Lima. Identidade e subjetividade de professores: sentidos do aprender e do ensinar. Petropólis: Vozes, 2011.

SILVA, Fabrício Oliveira da. Formação docente no Pibid: temporalidades, trajetórias e constituição identitária. 2017. 220 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade – PPGEduC, Departamento de Educação, Universidade do Estado da Bahia, Salvador, 2017.

SOUZA, Elizeu Clementino (Org.). Autobiografias, histórias de vida e formação: pesquisa e ensino. Porto Alegre: EDPUCRS; Salvador: Eduneb, 2006a.

SOUZA, Elizeu Clementino. A arte de contar e trocar experiências: reflexões teórico-metodológicas sobre história de vida em formação. In: Revista Educação em Questão, Natal, Edufrn, v. 25, n. 11, p. 22-39, jan.-abr. 2006b.

Publicado
2018-07-17
Como Citar
Silva, F. O. da, Rios, J. A. V. P., & Nuñez, J. M. L. (2018). Diversidade na formação inicial de professores: experiências do cotidiano escolar no Pibid. Educação Por Escrito, 9(1), 3-22. https://doi.org/10.15448/2179-8435.1.27848
Seção
Artigos