Um estudo reflexivo sobre o currículo na educação infantil

  • Keila Rosa dos Santos Brito Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
Palavras-chave: Reflexão. Currículo. Educação Infantil.

Resumo

As linhas que compõe esse artigo revelam a trajetória, as diferentes concepções do Currículo da Educação Infantil seguidos de uma discussão a respeito da prática docente e de importantes revelações sobre o aprendiz dessa modalidade de ensino. O retrospecto da Educação Infantil no Brasil serviu para revelar como veio, para quê veio, para quem veio e como se deu seu processo evolutivo. O tópico que trouxe as diferentes concepções sobre o currículo serviu para clarear o conceito e a forma como esse instrumento vem dando sentido ao ato de educar. O último tópico que trata da prática docente e das potencialidades do aluno vem trazendo reflexões sobre a capacidade de aprendizagem, o que deve ser ensinado, de que maneira e em que ritmo, assim com também, foram expostas algumas alternativas de trabalho docente para que seja pensado um currículo como ferramenta de garantia de uma aprendizagem plena. Esse estudo procurou dar ênfase ao Currículo da Educação Infantil como objeto norteador das práticas docentes. Findada a pesquisa, conclui-se que o currículo é uma ferramenta indispensável e que precisa estar em constante adequação para que seja garantido o desenvolvimento integral da criança. Este estudo foi edificado sobre bases teóricas a partir de um estudo qualitativo de cunho exploratório.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Keila Rosa dos Santos Brito, Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
Mestre em Ciências da Educação pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, Portugal.

Referências

Referências

AUGUSTO, Silvana de Oliveira. A experiência de aprender na Educação Infantil. In: Novas Diretrizes para a Educação Infantil. Salto para o futuro, Ano XXIII – Boletim 9 – Junho 2013.

BIN, Ana, Clara. Concepções de conhecimento e Currículo em W. Kilpatrick e implicações do Método de projetos. 2012. 120 p. (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo.

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei nº 8.069/90 de 13 de junho de 1990

BRASIL. Lei de diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei no 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial curricular nacional para a educação infantil. Documento Introdutório. Brasília: MEC/SEF, 1998. v. 1

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Resolução CNE/CEB n. 5, de 17 de dezembro de 2009. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 18 dez. 2009. Seção 1, p. 18.

BRASIL. CONSELHO NACIONAL DE EDUCA¬ÇÃO. Resolução CNE/CEN nº05/09. Revisão das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (DCNEI).

CHAVES, Greice, Mara, Moreira. Ação pedagógica na creche. Porto Alegre, n. 43, p. 99-105, jan/jun. 2008. Disponível em: http://www1.fapa.com.br/cienciaseletras/pdf/revista43/artigo7. Acesso em: 26 de outubro de 2013.

CHAVES, G. M. M. Ação pedagógica na creche, Porto Alegre, n. 43, p. 99-105, jan.-jun. 2008. Disponível em: http://www1.fapa.com.br/cienciaseletras/pdf/revista43/artigo7. Acesso em: 26 out. 2013.

KUHLMANN JR, M. Educação Infantil e Currículo. In: FARIA, A. L. G.; PALHARES, M. S. Educação infantil pós LDB: rumos e desafios. São Paulo: Autores Associados, 1999. p. 51-56.

KUHLMANN JR, M. Educando a infância brasileira. In: LOPES, E. M. T.; FARIA FILHO, L. M.; VEIGA, C. G.; (Org.). 500 anos de educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. p. 469-496.

KRAMER, Sonia. Pesquisando infância e educação: um encontro com Walter Benjamin. In: KRAMER, Sonia;

LEITE, M. I. (Org.). Infância: Fios e desafios da pesquisa. Campinas: Papirus, 1996. p. 13-38.

KRAMER, Sonia (Org.). Formação de profissionais de educação infantil no Estado do Rio de Janeiro. Relatório de Pesquisa. Rio de Janeiro: Ravil, 2001.

MOREIRA, A. F. B.; SILVA, T. T. da (Org.). Currículo, cultura e sociedade. Tradução de Maria Aparecida Baptista. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

NASCIMENTO, A. M. Currículo e práticas pedagógicas na educação infantil. Revista Criança do Professor de Educação Infantil, Brasília, n. 43, p. 14-17, ago. 2007.

NIGITO, G. Tempos institucionais, tempos de crescimento: a gestão do cotidiano dos pequenos, dos médios, dos grandes na creche. In: BONDIOLI, Anna (Org.). O tempo no cotidiano infantil, perspectivas de pesquisa e estudos de casos. São Paulo: Cortez, 2004. p. 43-103

OLIVEIRA, Z. M. R. Jogo de papéis: um olhar para as brincadeiras infantis. São Paulo: Cortez, 2011. Vol. 1. 156 p.

OLIVEIRA, Z. M. R. O currículo na Educação Infantil: o que propõem as novas diretrizes Nacionais? In: BRASIL. Ministério da Educação e da Cultura, Conselho Nacional de Educação, Câmara de Educação Básica. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=15860&Itemid=1096. Acesso em: 06 maio 2014.

PASCHOAL, J. D.; MACHADO, M. C. G. A história da Educação Infantil no Brasil: avanços, retrocessos e desafios dessa modalidade educacional, Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. 33, p. 78-95, mar. 2009.

ROSSETTI-FERREIRA, M. C.; AMORIM, K. de S.; OLIVEIRA, Z. de M. R. de. Olhando a criança e seus outros: uma trajetória de pesquisa em educação infantil. Revista de Psicologia, São Paulo: USP, v. 20, n. 3, p. 437-464, jul.-set. 2009.

SIEBERT, R. O adulto frente à criança: ao mesmo tempo igual e diferente. In: BONDIOLI, Anna; MANTOVANI, Susanna. Manual de educação infantil: de 0 a 3 anos – uma abordagem reflexiva. 9. ed. Porto Alegre: Artmed, 1998. p. 77-87.

SILVA, D. D. A prática docente reflexiva: o currículo na educação infantil. Rio de Janeiro: Três Rios, 2011. Disponível em: http://www.redentor.inf.br/arquivos/pos/publicacoes/31052012DANIELE_DUTRA_SILVA.pdf. Acesso em: 10 mar. 2014.

Publicado
2014-06-26
Como Citar
Brito, K. R. dos S. (2014). Um estudo reflexivo sobre o currículo na educação infantil. Educação Por Escrito, 5(1), 68-79. https://doi.org/10.15448/2179-8435.2014.1.16882
Seção
Artigos