O sangue e a fé: escrita e identidade de franciscanos nascidos em espaços coloniais ibéricos (Lima e Índia Portuguesa, século XVII)

  • Patricia Souza de Faria UFRRJ
Palavras-chave: Franciscanos, Clero nativo, Impérios ibéricos

Resumo

Analisam-se os escritos seiscentistas dos franciscanos Buenaventura Salinas Y Córdova (nascido em Lima) e de Miguel da Purificação (natural da Índia Portuguesa), redigidos em defesa de descendentes de espanhóis e portugueses nascidos no ultramar, com base na suposta nobreza de seus ancestrais, na lealdade à Coroa e ao catolicismo. Demonstra-se a semelhança de seus argumentos e as apropriações, na América e na Índia Portuguesa, dos sentidos de pureza de sangue desenvolvidos na Península Ibérica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Souza de Faria, UFRRJ
Professa Adjunta da Graduação e da Pós-Graduação em História da UFRRJ, Área de História Moderna.
Publicado
2011-09-26
Como Citar
Faria, P. S. de. (2011). O sangue e a fé: escrita e identidade de franciscanos nascidos em espaços coloniais ibéricos (Lima e Índia Portuguesa, século XVII). Estudos Ibero-Americanos, 37(1). https://doi.org/10.15448/1980-864X.2011.1.8327
Seção
Miscelânea