As noções bakhtinianas de linguagem e enunciado

Palavras-chave: Círculo de Bakhtin, Corpo, Linguagem

Resumo

Neste artigo, a proposta é refletir a respeito da relação enunciado e linguagem presente no pensamento filosófico do Círculo de Bakhtin. Os objetivos são: a) compreender como o grupo de filósofos russos elabora e delimita sua concepção de linguagem e enunciado; e b) conceber uma ontologia capaz de refletir acerca da existência humana. O método dialético-dialógico desenvolvido pelo Círculo pauta a discussão. O estudo leva aos resultados de que a construção conceitual de linguagem é realizada dialogicamente, na fronteira das disciplinas, sobretudo das Ciências Humanas (mas não apenas) – como música, literatura, linguística, artes plásticas, biologia, psicologia, sociologia, entre outras. Estas, por sua vez, são unificadas em torno do problema da linguagem, materializada no ato enunciativo, como modo de efetivação do homem, em seu  acabamento ético e estético no mundo. A relevância desta reflexão se volta à pertinência da filosofia da linguagem bakhtiniana como aporte para análises de enunciados visuais, vocais/sonoros e/ou sincréticos, além de e com a materialidade verbal, sobre a qual os pensadores do Círculo se centraram de maneira privilegiada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciane de Paula, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Assis, SP, Brasil.

Professora do Departamento de Estudos Linguísticos, Literários e da Educação da Universidade Estadual Paulista (UNESP), em Assis, SP, Brasil; e do Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da UNESP, em Araraquara, SP, Brasil.

José Antonio Rodrigues Luciano, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara, SP, Brasil

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da Universidade Estadual Paulista (UNESP), em Araraquara, SP. Brasil.

Referências

BAKHTIN, M. Estética da Criação Verbal. Tradução de Paulo Bezerra. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. São Paulo: Editora 34, 2016.

BAKHTIN, M. Para uma filosofia do ato responsável. São Carlos: Pedro e João Editores, 2010.

BAKHTIN, M. Problemas da Poética de Dostoiésvki. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2015a.

BAKHTIN, M. Teoria do Romance I – A Estilística. São Paulo: 34, 2015b.

BAKHTIN, M. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. São Paulo: Hucitec, 1987.

BAKHTIN, M. (VOLOSHINOV, V.). Discurso na Vida, Discurso na Arte (Sobre a Poética Sociológica). Tradução de Carlos Alberto Faraco e Cristóvão Tezza para fins acadêmicos [Mimeo], a partir da tradução inglesa de I. R. Titunik (“Discourse in life and discourse in art – concerning sociological poetics”), publicada em V. N. Voloshinov, [1926?]. Freudism, New York: Academic Press, 1976.

BRANDIST, C. The Bakhtin Circle: Philosophy, Culture and Politics. London: Pluto Press, 2002.

CAMPOS, A. de; PIGNATARI, D. CAMPOS, H. de. Teoria da Poesia Concreta. São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1975.

GERALDI, J. W. Sobre a questão do sujeito. In: PAULA, L. de; STAFUZZA, G. B. (org.). Círculo de Bakhtin - teoria inclassificável. Campinas: Mercado de Letras, 2010. p. 279-292. (Série Bakhtin Inclassificável, v. 1).

JAKUBINSKIJ L. Sobre a fala dialogal. São Paulo: Parábola, 2015,

MEDVIÉDEV, P. O Método Formal nos estudos literários. São Paulo: Contexto, 2012.

MEDVIÉDEV, I. P.; MEDVIÉDEVA, D. A. O Círculo de M. M. Bakhtin: sobre a fundamentação de um fenômeno. Bakhtiniana, [S. l.], v. 9, p. 26-46, jun. 2014. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/bakhtiniana/article/view/11535. Acesso em: 20 maio 2020.

PAULA, L. de. O enunciado verbivocovisual de animação – a valoração do “amor verdadeiro” Disney – uma análise de Frozen. In: FERNANDES JR., A.; STAFUZZA, G. B. (org.). Discursividades Contemporâneas – política, corpo e diálogo. Campinas: Mercado de Letras, 2017. p. 287-314. (Série Estudos da Linguagem).

PAULA, L. de; LUCIANO, J. A. R. A filosofia da linguagem bakhtiniana e sua tridimensionalidade verbivocovisual. Revista Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 49, n. 2, p. 706-722, 2020a. Disponível em: https://revistas.gel.org.br/estudos-linguisticos/article/view/2691. Acesso em: 4 jul. 2020.

PAULA, L. de; LUCIANO, J. A. R. A tridimensionalidade verbivocovisual da linguagem bakhtiniana. Linha D’Água, São Paulo, v. 33, n. 3, p. 105-134, 2020b. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/linhadagua/article/view/171296. Acesso em: 17 dez. 2020.

PAULA, L. de; LUCIANO, J. A. R. Dialogismo verbivocovisual uma proposta bakhtiniana. Polifonia, Cuiabá, v. 27, n. 49, p. 15-46, 2020c. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/polifonia/article/view/11366. Acesso em: 13 abr. 2021.

PAULA, L. de; LUCIANO, J. A. R. Filosofia da linguagem bakhtiniana: concepção verbivocovisual. Revista Diálogos – RevDia, Cuiabá (MT), v. 8, n. 3, p. 132-151, 2020d. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/revdia/article/view/10039. Acesso em: 30 out. 2020.

PAULA, L. de; LUCIANO, J. A. R. Recepções do pensamento bakhtiniano no Ocidente: a verbivocovisualidade no Brasil. In: BUTURI Jr, A.; BRAGA, S.; SOARES, T. B. No campo discursivo: teoria e análise. Campinas: Pontes, 2020e.

PAULA, L.; SERNI, N. M. A vida na arte: a verbivocovisualidade do gênero filme musical. Raído, Dourados, v. 11, n. 25, p. 178-201, jul. 2017. Disponível em: https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/Raido/article/view/6507. Acesso em: 10 out. 2020.

PONZIO, A. No Círculo com Mikhail Bakhtin. São Carlos: Pedro & João, 2016.

SOLLERTINSKIJ, I. I. Musica e letteratura al tempo dell’Unione Sovietica. Italia: Lucca: I Quaderni di M/R: LIM Editrice, 2016.

VOLÓCHINOV, V. A palavra na vida e a palavra na poesia. São Paulo: 34, 2019.

VOLÓCHINOV, V. Marxismo e Filosofia da Linguagem. São Paulo: 34, 2017.

VOLÓCHINOV, V. A construção da enunciação e outros ensaios. São Carlos: Pedro & João, 2013.

Publicado
2021-12-31
Como Citar
Paula, L. de, & Luciano, J. A. R. (2021). As noções bakhtinianas de linguagem e enunciado. Letras De Hoje, 56(3), 453-464. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2021.3.42207
Seção
Dossiê: Estudos Bakhtinianos Contemporâneos