Velhas histórias coladas à pele: a importância das histórias de vida na formação do professor

  • Wolney Honorio Filho Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão
Palavras-chave: histórias de vida, biografia narrativa, identidade pessoal e profissional

Resumo

O objetivo deste texto é refletir sobre a importância das narrativas e histórias de vida na formação do professor; problematizar a narrativa que dá forma ao vivido enquanto experiência de vida e aprendizagem, tomando-a uma experiência de estranhamento no processo de ensino-aprendizagem e produção do sujeito. O fio condutor é o veio teórico-metodológico da pesquisa com Histórias de Vida, tendo a narrativa autobiográfica e as biografias educacionais como fontes, além do trabalho com identidades pessoais e coletivas, construídas em processos sócio-históricos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wolney Honorio Filho, Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão
Drofessor do Curso de Pedagogia, na área de História da Educação
Como Citar
Filho, W. H. (2011). Velhas histórias coladas à pele: a importância das histórias de vida na formação do professor. Educação, 34(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/8704