Formação (Bildung): entre o sagrado e o profano

  • Martin Sattler Universidade de Mannheim e Diretor da Scuola
Palavras-chave: formação (Bildung), natureza, política, secularização

Resumo

O artigo parte do reconhecimento que a formação (Bildung) encontra-se em crise, gerando transformações em todo o sistema educacional. A crise, de natureza sócio-política, projeta novas perguntas sobre as condições de possibilidade da formação e a relação homem-natureza (crise ecológica). Na análise dessa crise, assume relevância o processo de secularização, suas metamorfoses simbólicas (o deslocamento do sagrado ao profano) e as repercussões na política, em especial, para o Estado nacional. Conclui pela impossibilidade de pensar a formação sem a autocompreensão dos profundos efeitos causados pelos laços internos gerados em tal processo de secularização, que desloca elementos do sagrado ao profano, como um modo de manter vínculo social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Martin Sattler, Universidade de Mannheim e Diretor da Scuola
Dadja Mara Amilibia Hermann Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1C Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (1973), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1982) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1995), com doutorado sanduíche na Universidade de Heidelberg. Foi professora titular de Filosofia da Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul de 1997 a 2005. Coordenou o Comitê de Educação e Psicologia da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul no período de 2002 a 2006. Realizou estágios de pesquisa na Universidade de Heidelberg/Erziehungswissensschatliches Seminar nos anos de 1998, 1999 e 2005. Atualmente é professora adjunta da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Filosofia da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia da educacao, racionalidade, hermenâutica, Habermas, Gadamer, ética, ética e estética. (Texto informado pelo autor)
Como Citar
Sattler, M. (2011). Formação (Bildung): entre o sagrado e o profano. Educação, 34(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/8670
Seção
Dossiê - Formação e Pluralidade Interpretativa