A interdisciplinaridade como princípio de formação docente: limites e possibilidades – o CSFP em questão

  • Eneida Maria Chaves
  • Dolores Maria Borges de Amorim
Palavras-chave: Formação docente, princípios da inter e transdisciplinaridade.

Resumo

Este artigo traz reflexões sobre as possibilidades e dificuldades de efetivação de uma prática interdisciplinar como princípio de formação de professores, no contexto sociopolítico, educativo e escolar da década de 1990. Objetiva também analisar se 4 egressas do Curso Superior de Formação de Professores (CSFP) incorporaram os princípios da interdisciplinaridade no seu trabalho cotidiano. Dados foram coletados por meio de grupos focais, entrevistas individuais e observação participante das atividades docentes. A análise, subsidiada por reflexões sobre formação docente, sugere que, apesar dos avanços na prática cotidiana dessas egressas, a interdisciplinaridade foi apenas ensaiada.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-09-10
Como Citar
Chaves, E. M., & Amorim, D. M. B. de. (2009). A interdisciplinaridade como princípio de formação docente: limites e possibilidades – o CSFP em questão. Educação, 32(3). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/5779
Seção
Outros Temas