A histórica contribuição do ensino privado no Brasil

  • Manoel Alves
Palavras-chave: Ensino privado, ensino confessional, Estado e educação, intervenção estatal, livre iniciativa, direito à educação. Ensino privado, direito à educação.

Resumo

A relação entre Estado e iniciativa privada na educação brasileira tem sido sempre conflituosa e, não raramente, sectariamente alvo de ideologias diversas. O presente artigo assinala a gênese confessional e privada do ensino no Brasil. O texto apresenta, igualmente, os principais marcos da atuação do ensino privado no desenvolvimento educacional brasileiro, particularmente sob a perspectiva das relações entre as instituições de ensino confessionais e privadas e o Estado, travadas ao longo da história do país. De igual forma o artigo suscita a questão da intervenção estatal na livre iniciativa na educação, bem como a incidência e a contribuição da ação privada na superação dos desafios educacionais contemporâneos no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manoel Alves
Doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Paris. MBA em Gestão de Negócios e Inovação pela UFRJ. Professor Ajunto do Mestrado em Educação na Universidade Católica de Brasília. Brasília (DF).
Como Citar
Alves, M. (2009). A histórica contribuição do ensino privado no Brasil. Educação, 32(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/5139
Seção
Ponto de Vista