Ideais e realidade: uma aula reservada para crianças autistas bilíngües

  • Miriam Eisenstein Ebsworth
  • Pedro Ruiz
Palavras-chave: Educação especial bilíngüe, educação infantil, autismo. Bilingual special education, elementary education, autism.

Resumo

Este estudo qualitativo abordou as experiências de crianças bilíngües, selecionadas com desordem do espectro autista em uma sala de aula de Educação Infantil Especial Bilíngüe. Os dados incluíram observação ao vivo, gravações em vídeo e entrevistas com os funcionários e pais. Apesar da dedicação dos professores, dos funcionários e da família, os desafios incluíram limitações lingüísticas de clínicos gerais, uso inconsistente de espanhol e/ou inglês, falta de compreensão dos pais sobre a natureza do autismo e demanda irreal de funcionários. O ambiente da barulhenta sala de aula, às vezes refletia aprendizagem, que freqüentemente significava transtorno. A preparação profissional de professores também era inadequada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Miriam Eisenstein Ebsworth
Doutora em Lingüística. Diretora do Programa de Doutorado em Estudos Multilíngües e Multiculturais da New New York Universty
Pedro Ruiz
Doutor em Educação Bilíngüe. Ccoordenador para a Secretaria de Educação Bilíngüe e Línguas Estrangeiras no Departamento de Educação do Estado de Nnova Yyork.
Como Citar
Ebsworth, M. E., & Ruiz, P. (2009). Ideais e realidade: uma aula reservada para crianças autistas bilíngües. Educação, 32(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/5123
Seção
Outros Temas