Produção do GT 20 Psicologia da Educação da ANPEd

expressão da ciência, da educação escolar e da sociedade contemporânea

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15448/1981-2582.2023.1.44760

Palavras-chave:

Psicologia da Educação, pesquisa, educação escolar

Resumo

O presente artigo traz os resultantes de um estudo realizado sobre a produção do GT 20 – Psicologia da Educação da ANPEd, a partir de leituras e análises de 79 trabalhos apresentados em reuniões anuais de 2013 a 2021. O estudo se efetiva em um momento de mobilização na retomada das práticas democráticas no âmbito das políticas públicas e a atenção volta-se à desigualdade estrutural – que se materializa em pessoas reais que ensinam e que aprendem. Justifi ca-se ante a necessidade de um balanço sobre os rumos tomados pelo GT e o debate sobre as novas demandas e direcionamentos futuros. Compreende-se que as comunicações apresentadas expressam a produção acadêmica sobre a Psicologia da Educação como campo de estudos e disciplina de fundamentos da educação. O objetivo do estudo é identifi car o que o GT investiga, como o faz, os resultados alcançados e suas implicações e desdobramentos, assim como as bases teóricas que o subsidiam. Metodologicamente, trata-se de um estudo documental, no qual foram mapeados e analisados os trabalhos apresentados em reuniões nacionais (comunicações ou posters). Foram estabelecidos os focos de atenção: títulos, autoria, fi liação institucional, palavras-chave, objetivos, metodologia, referencial teórico e resultados, assim como as fontes empregadas (autores e obras). As análises e sínteses se deram identifi cando-se a frequência com que se apresentaram e as descrições realizadas. Como resultados do estudo da produção do GT 20, destacam-se: (a) identifi cação de críticas à teorias da Psicologia ao referendar a perspectivas burguesa/neoliberal; (b) destaques a possíveis contribuições de teorias críticas para subsidiar a formação e a atuação docente; (c) concepções de aprendizagem e desenvolvimento; (d) contribuições para o adensamento das matrizes teóricas que possam enfrentar a discussão das problemáticas atuais; (e) desenvolvimento de estudos teóricos e de pesquisa de campo/aplicada, envolvendo temáticas candentes da sociedade contemporânea que se manifestam na escola; (f) integração de diferentes campos do conhecimento para composição do corpus teórico e metodológico da psicologia da educação; (g) compromisso da área com sociedade e educação inclusivas em enfrentamento às desigualdades; (h) atenção ao sofrimento individual (de professores e alunos) atrelado às questões sócio-históricas; e, (i) identifi cação das múltiplas determinações que concorrem para a escolarização atuar de modo mais ou menos incisivo na formação humano-genérica dos que são atendidos pela escola ou nela atuam. Conclui-se sobre a importância deste GT como espaço agregador e de expressão dos direcionamentos da ciência/ academia, sua relevância para a educação (em seus dois níveis, suas etapas e modalidades) e para a sociedade em geral. E, sobretudo, que a psicologia da educação se constitui em campo exponencial para a compreensão e análise de problemáticas educacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gina Glaydes Guimarães de Faria, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, GO, Brasil.

Doutora e mestre em Educação pela Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia, GO, Brasil. Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFG. Vinculada ao Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação, Psicologia e Cultura da UFG e à ANPED GT 20 Psicologia da Educação.

Luciane Maria Schlindwein, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC, Brasil.

Doutora e mestre em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em São Paulo, SP, Brasil; com estágio pós-doutoral na Faculdade de Educação da Universidade de Campinas (UNICAMP), com bolsa concedida pelo CNPq. Professora na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e atua no Curso Pedagogia e no Programa de Pós-graduação em Educação. Foi bolsista PQ do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico entre os anos de 2009 a 2018. Integrante do Comitê Científico da Anped, representando o GT20, Psicologia da Educação.

Maria Silvia Pinto de Moura Librandi da Rocha, Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), Campinas, SP, Brasil.

Doutora e mestre em Educação pela Universidade de Campinas (UNICAMP), em Campinas, SP, Brasil; graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), em Campinas, SP, Brasil. Professora do Programa de Pós-graduação em Educação da PUC-Campinas. Líder do Grupo de Pesquisa Formação e Trabalho Docente. Coordenadora nacional do GT 20 – Psicologia da Educação da Associação Nacional de Pós graduação em Educação (ANPEd).

Sonia Mari Shima Barroco, Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Porto Velho, RO, Brasil.

Doutora em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, em Araraquara (UNESP), SP, Brasil; com pós-doutorado pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo, SP, Brasil; mestre em Educação pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), em Maringá, PR, Brasil. Professora aposentada da UEM; Professora Visitante Nacional Sênior da Amazônia (PVNS/CAPES, 2019-2022) e Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), em Porto Velho, RO, Brasil.

Referências

Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação. (1990). 13ª Reunião Anual. Boletim da ANPEd, 12(1-2), 1-91. https://anped.org.br/sites/default/files/ boletim_anped_v.12_n.1_2_jan._dez.1990.pdf

Carvalho, D. C. de, Facci, M. G. D., & Barroco, S. M. S. (2010). A produção científica do GT de Psicologia da Educação da ANPEd e a apropriação de teorias psicológicas. Psicologia da Educação, (31), 79-104.

Delari Júnior, A. (2019). Questões de Método em Vigotski: busca da verdade e caminhos da cognição. In S. C. Tuleski, & M. Chaves, H. A. Leite (Orgs.), Materialismo histórico-dialético como fundamento da teoria históricocultural: método e metodologia de pesquisa. EDUEM.

Grazziotin, L. S., Klaus, V., & Pereira, A. P. M. (2022). Pesquisa documental histórica e pesquisa bibliográfica: focos de estudo e percursos metodológicos. ProPosições, 33, e20200141. https://www.scielo.br/j/pp/a/ GJCbBcY4rdVdvQY56T9qLRQ/?lang=pt

Günther, H. (2006). Pesquisa qualitativa versus pesquisa quantitativa: esta é a questão? Psicologia: Teoria e Pesquisa, 22(2), 201-210. https://www.scielo.br/j/ptp/a/ HMpC4d5cbXsdt6RqbrmZk3J/?format=pdf&lang=pt

Brasil. (2014). Lei n.13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação–PNE e dá outras providências. Casa Civil; Presidência da República. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011- 2014/2014/lei/l13005.htm

Lima, T. C. S. de, & Mioto, R. C. T. (2007). Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Rev. Katál., 10(esp.), 37- 45. https://doi.org/10.1590/S1414-49802007000300004

Patto, M. H. S. (2022). A produção do fracasso escolar: histórias de submissão e rebeldia. Instituto de Psicologia da Universidade de São

Paulo. https://www. livrosabertos.sibi.usp.br/portaldelivrosUSP/catalog/ view/932/844/3069

Pereira, M. V. (2021). Educação e arte. dez anos de trajetória do GT24. Revista Brasileira de Educação, 26, e260043. https://doi.org/10.1590/S1413- 24782021260043

Schlindwein, L. M., & Cordeiro, M. H. B. V. (2010). O Grupo de Trabalho Psicologia da Educação e sua produção entre os anos de 2005 e 2009. Psicologia da Educação, (31), 53-64.

Schlindwein, L. M., Souza, M. P. R., Silva, L. H., Asbahr, F. S. F., & Nadaleto, C. (2006). Grupo de Trabalho Psicologia da Educação: uma análise da produção acadêmica (1998-2004). Psicologia da Educação, (22), 141-160.

Severino, A. J. (2016). Metodologia do trabalho científico (24. ed. rev. e atual.).

Cortez. Souza, M. P. R., Miranda, M. G., & Placco, V. M. N. S. (2007). A Psicologia da Educação no contexto de novos desafios. Anais da 30a Reunião Anual da Anped. ANPEd. http://30reuniao.anped.org.br/trabalhos_encomendados/-trabalho%20encomendado%20encomendado%20gt20%20%20marilene%20vera-%20marilia%20-%20int.pdf

Tziminadis, J. L. F. (2017). Modernidade dessincronizada: aceleração social, destemporalizaçao e alienação: uma entrevista com Harmut Rosa. Estudos de Sociologia, 22(43), 365-383. https://doi.org/10.52780/res.10462

Wood Jr., T. (2016). Origens do produtivismo acadêmico e o caminho do impacto social do conhecimento. Ensino Superior Unicamp, 16, 1. https://www.revistaensinosuperior.gr.unicamp.br/artigos/origensdo-produtivismo-academico-e-o-caminho-doimpacto-social-do-conhecimento.

Downloads

Publicado

2023-11-27

Como Citar

Guimarães de Faria, G. G., Schlindwein, L. M., Pinto de Moura Librandi da Rocha, M. S., & Shima Barroco, S. M. (2023). Produção do GT 20 Psicologia da Educação da ANPEd: expressão da ciência, da educação escolar e da sociedade contemporânea. Educação, 46(1), e44760. https://doi.org/10.15448/1981-2582.2023.1.44760

Edição

Seção

Outros Temas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)