A educação na América Latina: Antigos dilemas em novo contexto

  • Marta Luz Sisson de Castro PUCRS

Resumo

Este texto analisou alguns dados estatísticos sobre a situação educacional na América Latina, mostrando o progresso na universalização do ensino fundamental, no aumento do atendimento à infância, na expansão do ensino médio e do ensino superior. Mostra,ao mesmo tempo,que o investimento em educação continua baixo, que os salários e condições de trabalho dos professores impedem a construção de uma escola de qualidade para todos. Exemplifica com dados de estudo realizado na educação municipal da Região Sul do Brasil, sobre a educação infantil e a formação e qualificação dos docentes. Argumenta por um investimento maciço em educação para reverter o ciclo vicioso de baixos investimentos e poucos resultados na aprendizagem e rendimento acadêmico dos alunos. Descritores – Educação; América Latina; expansão; qualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marta Luz Sisson de Castro, PUCRS
Marta Luz Sisson de Castro Possui graduação em Filosofia Pura - Licenciatura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1971) , graduação em Jornalismo - Bacharelado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1971) , mestrado em Human Development pela University of Maryland (1976) , doutorado em Human Development and Adaptation pela Boston University (1987) e pos-doutorado pela Indiana University (1989) . Atualmente é professor titular da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Educação , com ênfase em Administração Educacional. Atuando principalmente nos seguintes temas: Ensino Médio, Rendimento Acadêmico, Vestibular. (Texto gerado automaticamente pela aplicação CVLattes)
Como Citar
de Castro, M. L. S. (2008). A educação na América Latina: Antigos dilemas em novo contexto. Educação, 31(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/2769
Seção
Artigos