O ensino da leitura e escrita e o livro didático na Educação Infantil

  • Ana Carolina Perrusi Alves Brandão Universidade Federal de Pernambuco
  • Alexsandro da Silva Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: Educação Infantil. Livro didático. Leitura e escrita.

Resumo

O presente artigo discute dois temas polêmicos: o ensino da leitura e da escrita na Educação Infantil e a adoção de livros didáticos nessa etapa da Educação Básica. Para isso, apresenta, inicialmente, algumas reflexões sobre esses dois tópicos, identificando e discutindo diferentes posições assumidas nesse debate. Em um segundo momento, os dois temas são retomados na análise de propostas extraídas do “Meu Livro de Atividades” (Pré II), um dos materiais do Programa Alfa e Beto Pré-Escola dirigido ao ensino de leitura e escrita para crianças de 5 anos. O artigo contribui, portanto, para a tomada de decisões pedagógicas mais informadas no campo da Educação Infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina Perrusi Alves Brandão, Universidade Federal de Pernambuco
É Mestre em Psicologia Cognitiva pela Universidade Federal de Pernambuco (1994) e PhD em Psicologia pela University of Sussex (2004). Em 2015-2016 realizou pós doutorado na University of Oxford. É professora associada do Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), desenvolvendo atividades de ensino e orientação de alunos no curso de Pedagogia e na Pós-graduação em Educação. Interessa-se por estudos na área de leitura e escrita na Educação Infantil, bem como sobre o ensino da compreensão de textos nas séries iniciais do Ensino Fundamental. É membro do Centro de Estudos em Educação e Linguagem (CEEL / UFPE), onde desenvolve atividades de formação de professores e de produção e análise de materiais didáticos. Entre 2012 e 2014 assumiu a função de Coordenadora de Ações Pedagógicas no Centro Municipal de Educação Infantil Prof. Paulo Rosas que funciona no campus da UFPE.
Alexsandro da Silva, Universidade Federal de Pernambuco
Graduado em Pedagogia (2000), mestre (2003) e doutor (2008) em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, com período sanduíche no Institut National de Recherche Pédagogique - INRP - Paris (2007). Atualmente, é professor adjunto do Centro Acadêmico do Agreste da Universidade Federal de Pernambuco, onde atua no curso de graduação em Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Educação Contemporânea. É também docente do Programa de Pós-Graduação em Educação do Centro de Educação e membro do Centro de Estudos em Educação e Linguagem - CEEL da mesma universidade. Participa, ainda, do grupo de pesquisa Didática da Língua Portuguesa da UFPE. Tem experiência na área de Educação, dedicando-se, principalmente, ao estudo de temas relativos à alfabetização e ao ensino de língua portuguesa.

Referências

BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi; CARVALHO, Maria Jaqueline Paes. As fichas de atividades de linguagem escrita na educação infantil. In: BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi; ROSA, Ester Calland de Souza (Orgs.) Ler e escrever na Educação Infantil: discutindo práticas pedagógicas. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi; LEAL, Telma Ferraz. Alfabetizar e letrar na Educação Infantil: O que isso significa? In: BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi; ROSA, Ester Calland de Souza (Orgs.) Ler e escrever na Educação Infantil: discutindo práticas pedagógicas. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi; ROSA, Ester Calland de Souza (Orgs.) Ler e escrever na Educação Infantil: discutindo práticas pedagógicas. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi; SELVA, Ana Coelho Vieira. O livro didático na educação infantil: reflexão versus repetição na resolução de problemas matemáticos. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 25, n. 2, p. 69-83, jul./dez. 1999.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEB, 2010.

CABRAL, Ana Catarina Pereira dos Santos. Educação Infantil: um estudo das relações entre diferentes práticas de ensino e conhecimentos das crianças sobre a notação alfabética. 2013. 298f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Centro de Educação, Universidade Federal de Pernambuco, 2013.

CRUZ, Edneri Pereira. Classificação na Educação Infantil: O que propõem os livros e o como é abordada por professores. 2012. 170f. Dissertação (Mestrando em Educação Matemática e Tecnológica) – Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica, Centro de Educação, Universidade Federal de Pernambuco, 2012.

FERREIRO, Emilia. Reflexões sobre alfabetização. 23. ed. São Paulo: Cortez, 1995.

LIMA, Amara Rodrigues. Educação infantil e alfabetização: um olhar sobre diferentes práticas de ensino. 2010. 138f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Centro de Educação, Universidade Federal de Pernambuco, 2010.

LORENZO, Nara Olívia. O livro didático para a Educação Infantil: análise da Coleção Buriti Mirim. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal de Pernambuco, 2014.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

MORAIS, Artur Gomes de. A apropriação do sistema de notação alfabética e o desenvolvimento de habilidades de reflexão fonológica. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 39, n. 3, p. 35-48, 2004.

MORAIS, Artur Gomes de; Consciência fonológica e metodologias de alfabetização. Presença Pedagógica, v. 12, p. 58-67, 2006.

MORAIS, Artur Gomes de. Crianças com hipótese alfabética, ensinadas pelo método fônico, não conseguem resolver tarefas de consciência fonêmica. In: CONGRESO LATINOAMERICANO PARA O DESARROLLO DE LA LECTURA Y LA ESCRITURA Y IV FORO IBEROAMERICANO DE LITERACIDAD Y APRENDIZAJE, 7.; 2013. Puebla. Anais... Puebla: Red de Cultura Escrita y Comunidades Discursivas, 2013. 1 CD-ROM.

MORAIS, Artur Gomes de; SILVA, Alexsandro da. Consciência fonológica na Educação Infantil: desenvolvimento de habilidades metalinguísticas e aprendizado da escrita In: In: BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi; ROSA, Ester Calland de Souza (Orgs.) Ler e escrever na Educação Infantil:discutindo práticas pedagógicas. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

NASCIMENTO. Maria Letícia Barros Pedroso. As políticas públicas de educação infantil e a utilização de sistemas apostilados no cotidiano de creches e pré-escolas públicas. Revista Brasileira de Educação. v. 17, n. 49, p. 59 – 80, jan. - abr. 2012.

RODRIGUES, Anna Cristina de Araújo; ROCHA, Denise Silva.; ARAÚJO e OLIVEIRA, João Batista. Programa Alfa e Beto para Pré-Escola: livro de atividades II. Brasília: Instituto Alfa e Beto, 2010.

SOARES, Magda. Aprendizagem lúdica.Revista Educação, 2011. Disponível em: <http://revistaeducacao.uol.com.br/textos/0/aprendizagem-ludica-240352-1.asp>Acesso em: 15 ago. 2014.

SOARES, Magda. Alfabetização e letramento na Educação Infantil. In: Revista Pátio Educação Infantil, ano VI, n. 20, Porto Alegre: Artmed, jul./out.2009. Disponível em: <http://falandodospequenos.blogspot.fr/2010/04/alfabetizacao-e-letramento-na-educacao.html>. Acesso em: 20 out. 2015.

SOLÉ, Isabel. Estratégias de leitura. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Publicado
2017-12-31
Como Citar
Brandão, A. C. P. A., & da Silva, A. (2017). O ensino da leitura e escrita e o livro didático na Educação Infantil. Educação, 40(3), 440-449. https://doi.org/10.15448/1981-2582.2017.3.23852