Fundamentos e agenda da inclusão digital no Brasil: pesquisas em Educação

  • Barbara Coelho Neves Universidade Federal da Bahia
  • Edvaldo Souza Couto Universidade Federal da Bahia
  • Maria Couto Cunha Universidade Federal da Bahia
Palavras-chave: Inclusão digital. Educação. Pesquisas. Estudo infométrico. Produção científica.

Resumo

O artigo apresenta resultados parciais de uma investigação acerca dos undamentos dos estudos e pesquisas desenvolvidos no Brasil sobre inclusão digital na área de Educação e apresenta os fundamentos da proposição de uma agenda dessa produção acadêmica. Traz como objetivos discutir os fundamentos teóricoconceituais e metodológicos, determinar o termo agenda da inclusão digital empregado neste estudo e abordar alguns dos indicadores (clusters) levantados na pesquisa macro da qual o artigo é uma das partes complementares. O método
utilizado é o infométrico, aplicado no Banco de Teses e Dissertações da Capes. A análise dos dados é realizada a partir do teste sociométrico. Como resultado, o artigo indica aspectos teóricos, metodológicos e conceituais a serem
analisados no desenvolvimento da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Barbara Coelho Neves, Universidade Federal da Bahia

Doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia (Salvador, BA, Brasil) e professora na Universidade Federal de Sergipe (São Cristóvão, SE, Brasil).

Edvaldo Souza Couto, Universidade Federal da Bahia
Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Campinas, SP, Brasil) e professor na Universidade Federal da Bahia (Salvador, BA, Brasil).
Maria Couto Cunha, Universidade Federal da Bahia

Doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia (Salvador, BA, Brasil) e professora na Universidade Federal da Bahia (Salvador, BA, Brasil).

Referências

ASSUMPÇÃO, Rodrigo; MORI, Cristina. Inclusão digital:discursos, práticas e um longo caminho a percorrer. In: KNIGHT, Peter Titcomb; FERNANDES, Ciro Campos Christo; CUNHA, Maria Alexandra (Org.). E-Desenvolvimento no Brasil e no mundo: subsídios e programas e-Brasil. São Paulo: Yendis, 2007.

BONILLA, Maria Helena Silveira; OLIVEIRA, Paulo Cezar Souza de. Inclusão digital: ambiguidades em curso. In: BONILLA, Maria Helena Silveira; PRETTO, Nelson de Luca. Inclusão digital: polêmica contemporânea. Salvador: Edufba, 2011.

BRASIL. Sociedade da informação: ciência e tecnologia para a construção da sociedade da informação no Brasil. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, 2000.

BUZATO, Marcelo El Khouri. Entre a fronteira e a periferia: linguagem e letramento na inclusão digital. 2007. 285 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007.

CAPURRO, Rafael; HJORLAND, Birger. O conceito de informação. Perspectiva em Ciência da Informação, v. 12, n. 1, p. 148-207, 2007. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-99362007000100012 CASTEL, Robert. As metamorfoses da questão social: uma crônica do salário. Tradução de Iraci Poleti. Petrópolis: Vozes, 1998.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. Tradução de Roneide Venancio Majer. São Paulo: Paz e Terra, 2000. DEMO, Pedro. Charme da exclusão social. Campinas: Autores Associados, 2002.

DIJK, Jan Van. The network society: social aspects of new media. 2. ed. London: Sage Publication, 2006.

DIJK Jan Van. The deepening divide: inequality in the information society. Thousand Oaks: Sage Publicaions, 2005. DUARTE, Newton. Sociedade do conhecimento ou sociedade das ilusões? Campinas: Autores Associados, 2008.

DUARTE, Newton. A individualidade para-si: contribuição a uma teoria histórico-social da formação do indivíduo. Campinas: Autores Associados, 1993.

FREITAS, Luiz Carlos de. A internalização da exclusão. Educ. Soc., Campinas, v. 23, n. 80, p. 299-325, set. 2002. GÓMEZ GALÁN, José. Corrientes de investigación en tecnología educativa. In: GÓMEZ GALÁN, José; SANTOS, Gilberto Lacerda (Org.). Informática y telemática en la educación. Brasília: Liber Livro, 2012. p. 105-157.

GUEDES, Vania; BORSCHIVER, Suzana. Bibliometria: uma ferramenta estatística para a gestão da informação e do conhecimento, em sistemas de informação, de comunicação e de avaliação científica e tecnológica. In: ENCONTRO NACIONAL DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 6., 2005, Salvador. Anais eletrônicos... Salvador: ICI/UFBA, 2005.

HETKOWSKI, Tania Maria (Org.). Políticas públicas e inclusão digital. Salvador: Edufba, 2008.

LEITE, Ligia Silvia. Mídia e a perspectiva da tecnologia educacional no processo pedagógico contemporâneo. In: FREIRE, Wendel et al. Tecnologia e educação: as mídias na prática docente. Rio de Janeiro: Wak, 2011.

LÉVY, Pierre. Cyberculture. Paris: Éditions Odile Jacob, 1997. LÉVY, Pierre. L’intelligence colletive. Pour une anthopologie du cyberspace. Paris: Éditions La Découvert, 1994.

LURIA, Alexandre Romanovich; LEONTIEV, Alexis; VYGOTSKY, Lev. Psicologia e pedagogia: bases psicológicas da aprendizagem e do desenvolvimento. São Paulo: Centauro, 2005.

NEVES, Bárbara Coelho; COUTO, Edvaldo Souza. Convergência de recursos e mediação para inclusão digital: casos baianos. Educar em Revista, n. 46, p. 245-257, out./dez. 2012. ISSN 0104-4060. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40602012000400017

NEVES, Bárbara Coelho. Análise das políticas de informação: sociedade da informação com foco na inclusão digital do global ao local. Revista Iberoamericana de Ciencia, Tecnología y Sociedad, v. 5, n. 15, p. 111-131, 2010.

PINTO, Álvaro Vieira. O conceito de tecnologia. Rio de Janeiro: Contraponto, 2005a. 1 v.

PINTO, Álvaro Vieira. O conceito de tecnologia. Rio de Janeiro: Contraponto, 2005b. 2 v.

PRETTO, Nelson de Luca. Formação de professores exige rede! Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 20, p. 121-131, maio/ago. 2002.

PRIMO, Alex. Interação mediada por computador: comunicação, cibercultura, cognição. Porto Alegre: Sulina, 2007.

QUARTIERO, Elisa Maria; BONILLA, Maria Helena Silveira; FANTIN, Monica (Org.). Projeto UCA: entusiasmos e desencantos de uma política pública. Salvador: Edufba, 2015.

RIBEIRO, Marlene. Exclusão: problematização do conceito. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 23-49, jan./jun. 1999.

SARACEVIC, Tefko. Information science. In: BATES, Marcia; MAACK, Mary Niles (Ed.). Encyclopedia of Library and Information Science. New York: Taylor & Francis, 2009.

SILVA, Armando Malheiro; RIBEIRO, Fernanda. Das ciências documentais à ciência da informação: ensaio epistemológico para um novo modelo curricular. Porto: Afrontamento, 2008.

SILVA FILHO, Antônio Mendes da. Os três pilares da inclusão digital. Revista Espaço Acadêmico, n. 24, maio 2003.

SILVEIRA, Sérgio Amadeu. Software livre: a luta pela liberdade do conhecimento. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2004.

SILVEIRA, Sergio Amadeu; CASSINO, João (Org.) Software livre e inclusão digital. São Paulo: Conrad, 2003.

FREE SOFTWARE FOUNDATION. O que é software livre. A definição de software livre, GNU, 2013. Disponível em: . Acesso em: 23 nov. 2015.

SORJ, Bernardo. A nova sociedade brasileira. 3 ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006.

SORJ, Bernardo. [email protected]: a luta contra a desigualdade na sociedade da informação. Brasília, DF: UNESCO, 2003.

VANTI, Nádia Aurora Peres. Da bibliometria à webometria: uma exploração conceitual dos mecanismos utilizados para medir o registro da informação e a difusão do conhecimento. Ciência da Informação, Brasília, v. 31, n. 2, p. 152-162, maio/ago. 2002.

VANTI, Nádia Aurora Peres. Os links e os estudos webométricos. Ciência da Informação, Brasília, v. 34, n. 1, p. 78-88, jan./abr.2005.

WARSCHAUER, Mark. Technology and social inclusion: rethinking the digital divide. Massachusetts: MIT press, 2003.

WARSCHAUER, Mark. Tecnologia e inclusão social: a exclusão digital em debate. São Paulo: Senac, 2006a. WARSCHAUER, Mark. Learning the digital age. Educational Leaderschip, London, v. 63, n. 4, p. 34-38, dec. 2005/-jan.2006b.

WARSCHAUER, Mark. Laptops and literacy: learning in the wireless classroom. New York: Teaches College Press, 2007.

WOLTON, Domique. Internet e depois? Uma teoria critica das novas mídias. Porto Alegre: Sulina, 2008.

Publicado
2016-03-01
Como Citar
Neves, B. C., Couto, E. S., & Cunha, M. C. (2016). Fundamentos e agenda da inclusão digital no Brasil: pesquisas em Educação. Educação, 38(3), 379-386. https://doi.org/10.15448/1981-2582.2015.3.21782
Seção
Dossiê - In/exclusão Digital e Educação