Apresentação

  • Dóris Maria Luzzardi Fiss
  • Regina Maria Varini Mutti

Resumo

.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ACHUTTI, Luiz Eduardo Robinson; HASSEN, Maria de Nazareth Agra. Caderno de campo digital – antropologia em novas mídias. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, ano 10, n. 21, p. 273-289, jan.-jun. 2004.

BARTHES, Roland. Elementos de semiologia. 16. ed. São Paulo: Cultrix, 2006.

BRANDÃO, H. N. Introdução à análise de discurso. Campinas: Unicamp, 1994.

CATANI, Denice Barbara. Lembrar, narrar, escrever: memória e autobiografia em história da educação e em processos de formação. In: BARBOSA, Raquel Lazzari L. Formação de educadores: desafios e perspectivas. São Paulo: Editora UNESP, 2003. p. 119-129.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: artes de fazer. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 1999. v. 1.

CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Rio de Janeiro: Difel, 1990.

ELIAS, Carime R. et al. Entre o dizer e o fazer: um exercício de análise de discurso. In: LEFFA, Vilson J.; PEREIRA, Aracy E. O ensino da leitura e produção textual: alternativas de renovação. Pelotas:

EDUCAT – Editora da Universidade Católica de Pelotas, 1999. p. 109-128.

FISS, Dóris M. L.; MUTTI, Regina M. V. Língua, discurso e sujeito na educação. Educação e Realidade, Porto Alegre, v. 36, n. 3, p. 643-650, set.-dez. 2011.

FOUCAULT, Michel. Tecnologías del yo. Barcelona: Paidós, 1990.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. 4. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995.

GREGOLIN, Maria do Rosário V. Formação discursiva, redes de memória e trajetos sociais de sentido: mídia e produção de identidades, SEMINÁRIO DE ANÁLISE DE DISCURSO (SEAD), 2., Porto Alegre, UFRGS, 2005. Anais...

INDURSKY, F. A fala dos quartéis e as outras vozes. Campinas: Ed. da Unicamp, 1997.

JAY, Martin. Vision in context: reflections and refractions. In: BRENNAN, Teresa; JAY, Martin (Org.). Vision in context: historical and contemporary perspectives on sight. New York: Routledge, 1996. p. 1-12.

LARROSA, Jorge Bondía. Herido de realidad y en busca de realidad: notas sobre los lenguajes de la experiencia. In: CONTRERAS, José;

LARA, Nuria Pérez (Comp.). Investigar la experiencia educativa. Madrid: Morata, 2010.

LARROSA, Jorge Bondía. Fin de partida: sobre leer, escribir, conversar (y tal vez pensar) en una Facultad de Educación. In: SIMONS, Maarte; MASSCHELEN, Jan; LARROSA, Jorge B. (Ed.). Jacques Rancière: la educación pública y la domesticación de la democracia. Buenos Aires: Miño y Dávila, 2011.

LARROSA, Jorge Bondía. Palavras desde o limbo: notas para outra pesquisa na educação ou, talvez, para outra coisa que não a pesquisa na educação. Teias, v. 13, n. 27, p. 287-298, jan.-abr. 2012. Currículos: problematização em práticas e políticas.

MEINERZ, Carla Beatriz; FISS, Dóris Maria Luzzardi; OGIBA, Sônia Mara Moreira. Formação de professores e práticas culturais: descobertas, enlaces, experimentações. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, v. 21, n. 22, 2013. Dossiê formação de professores e práticas culturais: descobertas, enlaces, experimentações. Disponível em: http://epaa.asu.edu/ojs/article/view/1140 - Acesso em: 14 nov. 2014.

NÓVOA, António. Vida de professores. Porto: Porto Editora, 1992.

NÓVOA, António. Profissão professor. 2. ed. Porto: Porto Editora,

NÓVOA, António. As palavras das imagens: retratos de professores (séculos XIX-XX). Atlântica – Revista de Cultura, v. 45, p. 101-122, 2001. Disponível em: http://hdl.handle.net/10451/671

NÓVOA, António; FINGER, M. (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, 1988.

ORLANDI, Eni P. Análise de discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 2000.

PÊCHEUX, Michel. Sur les contexts épistémologiques de l’analyse de discours. Mots, n. 9, p. 7-17, 1984.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Campinas: Ed. da Unicamp, 1995.

PÊCHEUX, Michel. Análise automática do discurso (AAD-69). Trad. por Eni P. Orlandi. In: GADET, F.; HAK, T. Por uma análise automática do discurso. Campinas: Ed. da Unicamp, 1997.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. 4. ed. Campinas: Pontes, 2006.

PÊCHEUX, Michel; FUCHS, C. A propósito de uma análise automática do discurso: atualização e perspectivas. In: GADET, F.; HAK, T. Por uma análise automática do discurso. Campinas: Ed. da Unicamp,

p. 61-162.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Um discurso sobre as ciências. 6. ed. Porto: Afrontamento, 2008.

SANTOS, Boaventura de Sousa (Org.). Conhecimento prudente para uma vida decente: ‘Um discurso sobre as ciências’ revisitado. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2006.

SUASSUNA, Lívia. Pesquisa qualitativa em educação e linguagem: histórico e validação do paradigma indiciário. Perspectiva, Florianópolis, v. 26, n. 1, p. 341-377, jan.-jun. 2008.

TEIXEIRA, T. M. L. O “sujeito” é o “outro”? Uma reflexão sobre o apelo de Pêcheux à psicanálise. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 32, n. 1, p. 61-88, mar. 1997.

TEIXEIRA, T. M. L. A presença do outro no um: um exercício de análise em canções de Chico Buarque. Porto Alegre: PUCRS, 1998. 313 p. Tese (Doutorado) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Faculdade de Letras. Curso de Pós-Graduação em Letras. 1998.

TEIXEIRA, T. M. L. A constituição heterogênea do sujeito discursivo: um exercício de análise em “Partido Alto” de Chico Buarque. In: CORACINI, M. J.; PEREIRA, A. E. (Org.). Discurso e sociedade: práticas em análise de discurso. Pelotas: ALAB/EDUCAT, 2001. p. 257-300.

Publicado
2014-12-16
Como Citar
Luzzardi Fiss, D. M., & Varini Mutti, R. M. (2014). Apresentação. Educação, 37(3), 337-346. https://doi.org/10.15448/1981-2582.2014.3.19587
Seção
Dossiê - Educação, pesquisa e linguagem: encontros e atravessamentos