Educação e cultura escrita: a propósito dos cadernos e escritos escolares

  • Antonio Castillo Gómez Universidad de Alcalá
Palavras-chave: cadernos escolares, escrituras escolares, cultura escolar, escritura cotidiana, história social da cultura escrita, história da educação

Resumo

Com o protagonismo que o estudo dos cadernos e outros escritos escolares têm adquirido nos últimos anos no âmbito da História da Educação, este texto procura analisar esse campo desde os pressupostos metodológicos da História social da cultura escrita. Com esse propósito, revisa algumas linhas de pesquisa adotadas até esta data e sugere outras, a fim de dar maior relevância aos aspectos gráficos, materiais e textuais das escritas escolares. Busca uma investigação de natureza diacrônica e transdisciplinar, com base na necessária integração de cada objeto escrito no conjunto de atividades que definem a cultura escrita em cada momento e, ainda mais, nas práticas sociais da cultura escrita contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Castillo Gómez, Universidad de Alcalá
Doutor em História pela la Universidad de Alcalá (Espanha) e Professor Titular de História da Cultura Escrita pela Universidad de Alcalá.
Como Citar
Gómez, A. C. (2012). Educação e cultura escrita: a propósito dos cadernos e escritos escolares. Educação, 35(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/10366
Seção
Perspectivas e desafios do ensino e da pesquisa em História da Educação