Out of Nowhere

A história antes das últimas fotografias

Palavras-chave: Miguel Rio Branco, Pós-fotografia, Teoria da imagem

Resumo

O presente texto se debruçará sobre o conjunto de obras ‘Out of Nowhere’ (do nada) do fotógrafo Miguel Rio Branco. Analisaremos sobretudo as imagens relativas à academia de boxe Santa Rosa. Sua produção se caracteriza tanto pelo singular uso da cor quanto pelo interesse em personagens marginalizados. Em termos afirmativos, dá a ver relações temporais inauditas, cujas intensidades religam um passado de esquecimento e presença corporal. Tal movimento prenuncia a passagem ao que se tentou denominar como “pós-fotografia”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Chataignier, Universidad Católica del Maule (UCM), Talca, Chile.

Doutor em filosofia pela Universidade de Vincennes-Saint-Denis-Paris VIII, em Paris, França. Pesquisador associado ao Laboratório das lógicas contemporâneas da filosofia, Universidade de Vincennes-Saint-Denis-Paris VIII. Professor na Universidad Católica del Maule (UCM), em Talca, Chile.

Leandro Pimentel, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Doutor em Tecnologias da Comunicação e Estéticas pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Professor associado da Faculdade de Comunicação Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Referências

ADORNO, T. Progresso. In: ADORNO, T. Palavras e Sinais. Petrópolis: Vozes, 1995, p. 37-61.

ADORNO, T. O ensaio como forma. In: ADORNO, T. Notas de literatura I. São Paulo: Duas Cidades: Ed. 34, 2003. p. 15-45.

AGAMBEN, G. O que é o contemporâneo. Chapecó: Argos, 2009.

BAUDELAIRE, C. Sobre a modernidade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

BENJAMIN, W. Pequena história da fotografia. In: BENJAMIN, W. Obras escolhidas I. São Paulo: Brasiliense, 1985a. p. 91-107.

BENJAMIN, W. Teses Sobre o Conceito de História. In: Obras escolhidas I. São Paulo: Brasiliense, 1985b. p. 222-234.

BENJAMIN, W. N [Re the Theory of Knowledge, Theory of Progress]. In: BENJAMIN, W; SMITH, G. (org.). Benjamin: Philosophy, Aesthetics, History. Chicago: University of Chicago Press, 1989. p. 43-83.

CHAUSOVSKY, A. Diversión y desamparo: Contribuciones de Siegfried Kracauer a los estudios en Comunicación. Buenos Aires: Teseo, 2021.

CHIODETTO, E. Miguel Rio Branco vasculha suas obsessões. Folha de S.Paulo, São Paulo, 3 jun. 1998. Caderno Ilustrada. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq03069820.htm. Acesso em: 8 fev. 2022.

DANTO, A. L’Assujettissement philosophique de l’art. Paris: Le Seuil, 1993.

DELEUZE, G. Image mouvement. Paris: Minuit, 1983.

DELEUZE, G. Image temps. Paris: Minuit, 1985.

DOBRANSZKY, D. A Legitimação da fotografia no Museu de Arte: o Museum of Modern Art de Nova York e os anos Newhall no Departamento de fotografia. 2008. Tese (Doutorado em Multimeios) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008. Disponível em: http://www.dobrasvisuais.com.br/wp-content/uploads/2012/05/A-legitima%C3%A7%C3%A3o-da-fotografia-no-museu-de-arte-o-Museum-of-Modern-Art-de-Nova-York.pdf. Acesso em: 10 fev. 2022.

DUARTE, P. S. Pele do Tempo. Rio de Janeiro: Centro de Arte Hélio Oiticica, 2000.

DUBOIS, P. Pós-fotografia, pós cinema: os desafios do pós. In: DUBOIS, P.; FURTADO, B. (org.). Pós-fotografia, pós-cinema: novas configurações das imagens. São Paulo: Edições SESC, 2019. p. 18-29.

ENTLER, R. Paradoxos e contradições da pós-fotografia. Revista Zum, São Paulo, 19 ago. 2020. Disponível em:

https://revistazum.com.br/colunistas/pos-fotografia. Acesso em: 8 fev. 2022.

FOCILLON, H. Vie des Formes. Paris: PUF, 1981.

FOUCAULT, M. De outros Espaços. In: Architecture, Movement, Continuité, 5. Paris: 1984. Disponível em: http://www.virose.pt/vector/periferia/foucault_pt.html. Acesso em: 8 fev. 2022.

GAGNEBIN, J-M. História e Narração em Walter Benjamin. São Paulo: Perspectiva, 1994.

GILI, M. Entrevista a Miguel Rio Branco. In: RIO BRANCO, M. Entre los Ojos. Barcelona: Fundation “La Caixa”, 1999. p. 33-39.

GUIMARAES, L. Imagens, Sons, Atmosferas: um percurso pelas instalações de Miguel Rio Branco. In: CARVALHO, V.; FATORELLI, A.; PIMENTEL, L. (org.). Midiateca: escritos sobre fotografia contemporânea brasileira. Rio de Janeiro: Circuito, 2015. p. 57-65.

KRACAUER, S. L’histoire – des avant-dernières choses. Paris: Stock, 2006.

KRACAUER, S. O Ornamento da Massa. São Paulo: Cosac Naif, 2009.

KUBLER, G. The Shape of Time: Remarks on the History of Things. New Haven-Londres: Yale University Press, 1962.

LEVIN, T. O Terremoto da Representação: composição digital e a estética tensa da imagem heterocrônica. In: BRUNO, F.; FATORELLI, A. (org.). Limiares da Imagem: tecnologia e estética na cultura contemporânea. Rio de Janeiro: Mauad X, 2006.

LISSOVSKY, M. Os fotógrafos do futuro. In: LISSOVSKY, M. Pausas do Destino. Rio de Janeiro: Mauad, 2014. p. 187-198.

MATTELART, A.; MATTELART, M. Historia de las teorías de la comunicación. Buenos Aires: Paidós, 1999.

NIETZSCHE, F. Genealogia da Moral. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

PIMENTEL, L. O leitor como produtor. In: CARVALHO, V.; FATORELLI, A.; PIMENTEL. L. (org.). Fotografia Contemporânea: Desafio e Tendências. Rio de Janeiro: Mauad X, 2016. p. 129-144.

RANCIÈRE, J. Políticas da escrita. São Paulo: 34, 1995.

RANCIÈRE, J. A partilha do sensível. São Paulo: 34, 2009.

RIO BRANCO, M. Dulce Sudor Amargo. Mexico: Fondo de Cultura Econômica, 1985.

RIO BRANCO, M. Entre los Ojos. Barcelona: Fundation “La Caixa”, 1999.

RIO BRANCO, M. Entre os Olhos e o Deserto. São Paulo: Cosac & Naify, 2001.

RIO BRANCO, M. Out of Nowhere. São Paulo: Luste Editores, 2013.

RIO BRANCO, M. Teoria da Cor. São Paulo: Pinacoteca de São Paulo, 2014.

RIO BRANCO, M. Palavras cruzadas, sonhadas, roubadas, sangradas. In: RIO BRANCO, M.; NOGUEIRA, T. (org.). São Paulo: IMS, 2020. p. 163-179.

TRACHTEMBERG, A. (org.). Ensaios sobre fotografia. De Nièpce a Krauss. Lisboa: Orfeu Negro, 2013.

Publicado
2022-06-23
Como Citar
Chataignier, G., & Pimentel, L. (2022). Out of Nowhere: A história antes das últimas fotografias. Revista FAMECOS, 29(1), e40912. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2022.1.40912