O afastamento de dilma roussef: afetos e discursos em disputa na política

Palavras-chave: Facebook. Comunicação e política. Discurso.

Resumo

Este texto examina os sentidos produzidos no Facebook por dois articuladores
(Frente Brasil Popular e Vem pra Rua) entre os vários movimentos a favor ou contra o afastamento da presidente Dilma Roussef, em abril de 2016. A análise é feita a partir da teoria do discurso de Laclau e da semiótica tensiva de Zilberberg e Fontanille. As questões de pesquisa são: quais foram os contratos de comunicação e os temas construídos pelos enunciadores situados em lados opostos do espectro político? Quais são as oposições semânticas fundamentais? Que discursos políticos atravessam essas convocações? Quais foram os pontos nodais desses discursos? Como se constrói em cada caso a figura do “povo”? Que afetos um e outro movimento põe em cena? Em termos de uma teoria do acontecimento como se posicionam um e outro enunciador? Em termos tensivos, como entender esses movimentos a partir de uma semiótica da triagem e da mistura? Finalmente, como pensar a construção da democracia a partir dessa polarização?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Luiz Aidar Prado, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo (SP)

Professor doutor do Programa de Estudos Pós-graduados em Comunicação e Semiótica da PUC-SP; editor da revista Galáxia; autor de Habermas com Lacan e de Convocações biopolíticas dos dispositivos comunicacionais e coordenador e organizador da hipermídia Regime de visibilidade em revistas. Coautor de Sintoma e fantasia no capitalismo comunicacional.

Vinicius Prates da Fonseca Bueno, Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo (SP)

Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e coautor de Sintoma e Fantasia no Capitalismo Comunicacional.

Referências

ALONSO, Angela. A política das ruas. Folha de S. Paulo, Ilustríssima, 25/09/016. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/colunas/angela-alonso/2016/09/1816167-a-politica-das-ruas.shtml. Acesso em: 10 nov. 2016. https://doi.org/10.25091/s01013300201700040006

BADIOU, Alain. Para uma nova teoria do sujeito: conferências brasileiras. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1994.

BADIOU, Alain. O ser e o evento. Rio de Janeiro: Zahar/UFRJ, 1996.

BADIOU, Alain. São Paulo: a fundação do universalismo. São Paulo: Boitempo, 2009.

FRASER, Nancy; HONN ETH, Axel. Redistribución o reconocimiento? Madri: Paideia/ Morata, 2006.

FRENTE BRASIL POPULAR. Sobre. Página de Facebook. Disponível em: <https://www.facebook.com/FrenteBrasilPopular>. Acessado em: 20 dez. 2016.

GREIMAS, Algirdas Julien; FONT ANILLE, Jacques. Semiótica das paixões: dos estados de coisas aos estados de alma. São Paulo: Ática, 1993.

HOWARTH, David; ST AVRAKAKIS, Yannis. Introducing discourse theory and political analysis. In: HOWARTH, David; NORVAL, Aletta; ST AVRAKAKIS, Yannis (Org.). Discourse theory and Political Analysis: Identities, hegemonies and social change. Manchester/New York: Manchester University, 2000. https://doi.org/10.1177/03058298000290030918

LACLAU, Ernesto. La razón populista. Buenos Aires: Fonde de Cultura Económica, 2005.

LACLAU, Ernesto; MOUFFE, Chantal. Hegemonía y estrategia socialista: hacia una radicalización de la democracia. Buenos Aires: Fonde de Cultura Ecomómica, 2004.

LAZZARATO, Maurizio. Políticas del Acontecimiento. Buenos Aires: Tinta limón, 2006.

NOBRE, Marcos. Imobilismo em movimento: da abertura democrática ao governo Dilma. São Paulo: Cia das Letras, 2013.

OLIVEIRA, Luciana de. Visões de um quase acontecimento: desenvolvimento, sustentabilidade e as disputas de sentido no debate midiático sobre Belo Monte. In: Antropologia da comunicação de massa. Campina Grande: Universidade Estadual da Paraiba, 2016. https://doi.org/10.7476/9788578793326.0011

SAFATLE, Vladimir. Grande hotel abismo: por uma reconstrução da teoria do reconhecimento. São Paulo, Martins Fontes, 2012.

TATIT, Luiz. Claude Zilberberg e a prosodização da semiótica. In: MENDES, Conrado Moreira; LARA, Glaucia Muniz Proença (org.). Em torno do acontecimento: uma homenagem a Claude Zilberberg. Curitiba: Appris Editora, 2016. https://doi.org/10.21709/casa.v7i2.2227

VEM PRA RUA. Sobre. Página de Facebook. Disponível em: https://www.facebook.com/VempraRuaBrasil.org. Acessado em: 15 dez. 2016.

ZILBERBERG, Claude. As condições semióticas da mestiçagem. In: CAÑIZAL, Eduardo Peñuela; CAETANO, Kati Eliana (org.). Olhar à deriva. Mídia, significação e cultura. São Paulo: Annablume, 2004.

ZILBERBERG, Claude; FONT ANILLE, Jacques. Tensão e significação. São Paulo: Humanitas, 2001.

ŽIŽEK, Slavoj. Event: philosophical journey through a concept. Londres/Nova York: 8 Blackstock Mill e Melville House, 2014.

Publicado
2019-12-18
Como Citar
Prado, J. L. A., & Bueno, V. P. da F. (2019). O afastamento de dilma roussef: afetos e discursos em disputa na política. Revista FAMECOS, 26(2), e31913. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2019.2.31913
Seção
Cibercultura