Dificuldades de aprendizagem e problemas emocionais: reflexões sobre a necessidade de uma proposta de formação docente

  • Marlene Rozek Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Rodrigo Giacobo Serra Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS
Palavras-chave: Dificuldades de aprendizagem. Problemas emocionais. Formação docente.

Resumo

O estudo teve como objetivo conhecer as dificuldades de aprendizagem apresentadas por crianças e adolescentes que receberam atendimento psicopedagógico em um serviço de apoio pertencente a uma universidade
no rio grande do sul. Os dados foram avaliados através da análise de conteúdo de bardin. Os resultados apontam um elevado índice de dificuldades afetivo-emocionais nestas crianças. Os achados demonstram a importância de
compreender o papel dos processos emocionais no desenvolvimento das dificuldades de aprendizagem. Neste trabalho, também discutimos a necessidade de uma proposta de formação para os professores das crianças cujos prontuários foram analisados. Esta formação não deve limitar-se à apropriação de um instrumental técnico que ofereça um receituário para a eficiência, pois o desenvolvimento de uma escolarização mais adequada para
crianças com dificuldades emocionais também passa pela problematização da relação professor-aluno. Torna-se necessário investir na construção de um diálogo que respeite a existência entre ambas as partes, caracterizado
pela escuta do outro, na vontade de descobrir, compreender e respeitar o aluno enquanto um sujeito que traz consigo a sua história, as suas dificuldades, mas que também carrega um conjunto de potencialidades para aprender e desenvolver-se.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marlene Rozek, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Pedagoga, Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)
Rodrigo Giacobo Serra, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS
Psicólogo, Doutor em Psicologia pela Universidade Autónoma de Barcelona, Estágio Pós-Doutoral na Faculdade de Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)

Referências

ANGELUCCI, Carla Biancha. et al. O estado da arte da pesquisa sobre o fracasso escolar (1991-2002): um estudo introdutório. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 30, p.51-72, jan./abr. 2004.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 4 ed. Lisboa, Portugal: Edições 70, 2013.

BARKLEY, Russell A. Attention Deficit Hyperactivity Disorder: A handbook for diagnosis and treatment. 3 ed. New York: Guilford Press, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Referenciais para formação de professores. Brasília: MEC, 1999.

CATANI, Denice Barbara. et al. (Org.). Docência, memória e gênero: estudos sobre formação. São Paulo: Escrituras, 1997.

CHAVES, Antonio Marcos; BARBOSA, Márcio Ferreira. Representações sociais de crianças acerca da sua realidade escolar. Estudos de Psicologia, Campinas, v.15, n.3, p.29-40, set./dez. 1998.

COLL, César. et al. (Org.). Desenvolvimento psicológico e educação: Psicologia da educação. v. 2, Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

CUNHA, M. I. Sala de aula: espaço de inovações e formação docente. In: ENRICONE, D.;GRILLO, M. (Org.). Educação superior: vivências e visão de futuro. Porto Alegre:EDIPUCRS, 2005. p.71-82.

DEL PRETTE, Almir; DEL PRETTE, Zilda A.P. Psicologia das relações interpessoais: vivências para o trabalho em grupo. Petrópolis: Vozes, 2001.

Felden, E.L. Universo escolar: o lugar da afetividade no processo de ensinar e aprender. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 14°, 2008, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre, 2008.

FERREIRO, Emilia; TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artmed, 1985.

GREENBAUM, Paul. et al. National Adolescent and Child Treatment Study (NACTS): Outcomes for children with serious emotional and behavioral disturbance. Journal of Emotional and Behavioral disorders, Virgina, v. 4, n. 3, p. 130-146, jul.1996.

HANDWERK, Michael L.; MARSHALL, Richard M. Behavioral and emotional problems of students with learning disabilities, serious emotional disturbance, or both conditions. Journal of Learning Disabilities, Thousand Oaks, v.31, n. 4, p. 327-338, jul./aug.1998.

HINSHAW, Stephen P. Academic underachievement, attention deficits, and aggression: Comorbidity and implications for intervention. Journal of Consulting and Clinical Psychology, Washington, v. 60, n.6, p. 893-903, dec. 1992a.

HINSHAW, Stephen P. Externalizing behavior problems and academic underachievement in childhood and adolescence. Psychological bulletin, Washington, v. 111, n.1, p. 127-155, jan. 1992b.

MATTISON, Richard E.; HOOPER, Stephen R.; GLASSBERG, Leslie A. Three-year course of learning disorders in special education students classified as behavioral disorder. Journal of the American Academy of Child & Adolescent Psychiatry, New York, v. 41, n.12, p. 1454-1461, dec. 2002.

MOITA, M. C. Percursos de formação e de trans-formação. In: NÓVOA, Antonio. Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 2002. p.111-140.

MORENO, Montserrat. et al. Falemos de sentimentos: a afetividade como um tema transversal. São Paulo: Moderna, 1999.

NÓVOA, António. Formação de professores e trabalho pedagógico. Lisboa:

EDUCA, 2002.

______. Os professores e sua formação. 2. ed. Instituto de Inovação educacional, Publicações Dom Quixote, Lisboa, 1995.

NÓVOA, António; FINGER, Mathias (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Ministério da Saúde, Departamento de Recursos Humanos da Saúde, Centro de Formação e aperfeiçoamento profissional, Lisboa, 1988.

PAÍN, Sara. Diagnóstico e tratamento dos problemas de aprendizagem. 4 ed. Porto Alegre: Artmed,1992.

PÉREZ GÓMEZ, Angel. O pensamento prático do professor: a formação do professor como profissional reflexivo. In: NÓVOA, António (Org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1995. p. 93-114.

RIBEIRO, Marinalva Lopes; JUTRAS, France. Representações sociais de professores sobre afetividade. Estudos de psicologia, Campinas, v.23, n.1, p. 39-45, jan./mar. 2006.

ROCK, Elana E.; FESSLER, Marjorie A.; CHURCH, R. P. The concomitance of learning disabilities and emotional/behavioral disorders: A conceptual model. Journal of Learning Disabilities, Thousand Oaks, v. 30, n. 3, p. 245-263, may/Jun. 1997.

ROZEK, Marlene. Subjetividade, Formação e Educação Especial: histórias de vida de professoras. 2010. 174f. + Anexo. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

RUTTER, Michael. et al. Rutter's child and adolescent psychiatry. Oxford, UK: Wiley-Blackwell, 2008.

RUTTER, Michael. Emotional disorder and educational underachievement. Archives of Disease in Childhood, Londres, v. 49, n.4, p. 249-256, apr. 1974.

SACRISTÁN, J. G. Consciência e ação sobre a prática como libertação profissional dos professores. In: NÓVOA, António (Org.). Profissão Professor. 2. ed. Porto: Porto, 1995. p. 13-34.

SCHÖN, Donald. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. (Org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1995. p.77-91.

SISTO, Fermino Fernandes. et al. (Org). Atuação psicopedagógica e aprendizagem escolar. Petrópolis, R.J.: Vozes, 1996.

SOARES, Magda. Alfabetização e letramento. São Paulo: Contexto, 2008.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

TEBEROSKY, Ana; COLOMER, Teresa. Aprender a ler e a escrever. Porto Alegre: Artes Médicas, 2002.

TFOUNI, Leda Verdiani. Letramento e alfabetização. São Paulo: Cortez, 2006.

TIERNO, Bernarbé.; ESCAJA, Antonio. Saber educar. Madrid: Temas de Hoy, 2003.

TOGNETTA, Luciene Regina Paulino; ASSIS, Orly Zuccatto Mantovani. A construção da solidariedade na escola: as virtudes, a razão e a afetividade. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.32, n.1, p. 49-66, jan./abr. 2006.

WEISS, Maria Lucia Lemme. Psicopedagogia clínica: uma visão diagnóstica. 2ª ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

WEISS, Maria Lucia Lemme. Psicopedagogia clínica. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992.

ZEICHNER, Keneth. Novos caminhos para o practicum: uma perspectiva para os anos 90. In: NÓVOA, António. (Org.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1995. p.115-138.

Publicado
2015-04-23
Como Citar
Rozek, M., & Serra, R. G. (2015). Dificuldades de aprendizagem e problemas emocionais: reflexões sobre a necessidade de uma proposta de formação docente. Educação Por Escrito, 6(1), 167-184. https://doi.org/10.15448/2179-8435.2015.1.19475
Seção
Artigos