Leitura de gráficos de setores e compreensão multimodal

Uma investigação psicolinguística de fatores top-down e bottom-up

Palavras-chave: Compreensão multimodal, leitura de gráficos de setores, rastreamento ocular

Resumo

Este estudo insere-se no esforço que se tem empreendido para explorar as bases da compreensão multimodal, abordando, aqui, a interferência de variáveis top-down e bottom-up na compreensão de gráficos de setores (popularmente, gráficos de pizza). Sondou-se, especificamente, o papel do título (diretivo vs. não diretivo) e o da posição da legenda (à esquerda vs. à direita da pizza) durante a leitura de uma série de gráficos por um grupo de 40 estudantes universitários. Foram monitorados os movimentos oculares e as fixações do olhar dos participantes em um experimento de eye tracking, a partir do qual obtiveram-se dados significativos de custo de processamento ao integrar as informações visuais e do título. Os achados experimentais foram brevemente discutidos à luz de aspectos dos modelos teóricos de compreensão de gráficos (ACARTÜRK, 2010; PINKER, 1990) bem como de princípios cognitivos a observar na produção de gráficos (KOSSLYN, 2006).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Erica dos Santos Rodrigues, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Doutora em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil; professora da mesma instituição. Bolsista PQ2_CNPq 311422/2019-5.

Antonio João Carvalho Ribeiro, Laboratório de Psicolinguística Experimental (LAPEX)- UFRJ

Doutor em Linguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil; professor I de Língua Portuguesa da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) (aposentado).

Referências

ACARTÜRK, Cengiz. Multimodal comprehension of graph-text constellations: An information processing perspective. 2010. (Doctoral Dissertation). Hamburg: University of Hamburg, 2010.

ACARTÜRK, Cengiz; HABEL, Christopher; CAGILTAY, Kursat. ALACAM, Özge. Multimodal comprehension of language: graphs with and without annotations. Journal of Eye Movement Research, [s. l.], v.1, n. 3, p.1-15, 2008. https://doi.org/10.16910/jemr.1.3.2

ACARTÜRK, Cengiz; HABEL, Christopher. Eye tracking in multimodal comprehension of graphs. In: COX, R.; DIEGO, J. P. S. (ed.). Proceedings of the Workshop on Technology-Enhanced Diagrams Research. Canterbury, UK: CEUR, 2012. v. 887, p. 11-25.

Berkowitz, Bruce D. Playfair: The True Story of the British Secret Agent Who Changed How We See the World. Fairfax, VA: George Mason University Press, 2018.

BORINE, Monica Silvia. Consciência, emoção e cognição: o efeito do priming afetivo subliminar em tarefas de atenção. Ciências & Cognição, [s. l.], v. 11, p. 67-79, 2007.

FIELD, John. Psycholinguistics: The Key Concepts. Londres: Routledge, 2004.

FRIEL, Susan; CURCIO, Frances R.; BRIGHT, George W. Making sense of graphs: critical factors influencing comprehension and instructional implications. Journal for Research in Mathematics Education, [s. l.], v. 32, n. 2, p.124-158, 2001. DOI: https://doi.org/10.2307/749671

FORSTER, Renê. Aspectos da utilização do rastreamento ocular na pesquisa psicolinguística. DELTA [online], [s. l.], v. 33, n. 2, São Paulo, p. 609-644, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-445095461720767529

GAL, Iddo. Adult’s statistical literacy: meanings, components, responsibilities. International Statistical Review, [s. l.], v. 70, n. 1, p. 1-25, 2002.

HUESTEGGE, Lynn; PHILIPP, Andrea M. Effects of spatial compatibility on integration processes in graph comprehension. Attention, Perception, & Psychophysics, [s. l.], v. 73, n. 6, p.1903–1915, 2011. DOI: https://doi.org/10.3758/s13414-011-0155-1

KOSSLYN, Stephen Michael. Graph design for the eye and mind. Nova York: Oxford University Press, 2006.

PINKER, Steven. A theory of graph comprehension. In: FRIEDLE, R. (ed.). Artificial intelligence and the future of testing. Norwood: Ablex, 1990. p.73-126.

RODRIGUES, Erica dos Santos; FRAGOSO, Luane da Costa Pinto Lins; RIBEIRO, Antonio João Carvalho Compreensão multimodal e rastreamento ocular na leitura de gráficos. In: MAIA, M. (org.). Psicolinguística e educação. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2018. p. 133-172.

SNOW, C. Reading for Understanding: Toward an R&D Program in Reading Comprehension. Santa Monica, CA: RAND Corporation, 2002.

SPENCE, I. William Playfair and the psychology of graphs. Proceedings of the American Statistical Association, Section on Statistical Graphics. Alexandria VA: American Statistical Association, 2006. p. 2426-2436.

User’s manual Tobii Studio Version 3.4.5, 01/2016. Disponível em: https://www.tobiipro.com/siteassets/tobii-pro/user-manuals/tobii-pro-studio-user-manual. pdf. Acesso em: 12 jun. 2019.

Publicado
2020-10-08
Como Citar
Rodrigues, E. dos S., & Ribeiro, A. J. C. (2020). Leitura de gráficos de setores e compreensão multimodal: Uma investigação psicolinguística de fatores top-down e bottom-up. Letrônica, 13(4), e37524. https://doi.org/10.15448/1984-4301.2020.4.37524