A escrita de mulheres, as mulheres na escrita: histórias de vida na literatura da América Latina

Palavras-chave: Literatura, Escrita feminina, América Latina.

Resumo

---

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Regina Kohlrausch, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, RS

Pós-doutora em Estudios Literarios na Universidade de Vigo (UVIGO), Espanha, com bolsa CAPES/Fundación Carolina (2010-2011) Doutora e Mestre em Teoria da Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, professora titular, graduação e do Pós-graduação da área de Letras, da Escola de Humanidades da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), onde atua como Decana Associada da Escola de Humanidades e Membro da Comissão Coordenadora do PPGL da PUCRS.

Sara Beatriz Guardia, Universidad de San Martín de Porres(USMP), Lima

Directora de la Cátedra UNESCO Patrimonio Cultural y Turismo Sostenible de Universidad de San Martín de Porres (USMP). Lima/Peru. Directora del Centro de Estudios La Mujer en la Historia de América Latina, CEMHAL. Directora de la Comisión del Bicentenario Mujer e Independencia en América Latina. Escritora. Autora de doce libros, y de nueve en la dirección de edición.

Luís Alberto dos Santos Paz Filho, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, RS

Mestre em Teoria da Literatura pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), com bolsa CNPq. Graduado em Letras (português e literatura) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, com bolsa PROUNI. Atualmente, doutorando em Teoria da Literatura pelo mesmo Programa, com bolsa Capes. Integra a Linha de pesquisa Literatura, Memória e História, onde se detém, sobretudo, a estudos da literatura brasileira, com enfoque maior ao gênerto da poesia lírica.

Referências

CIXOUS, Hélène. The laugh of the Medusa. [1975]. In: WARHOL, Robyn R.; HERNDL, Diane P. Feminisms: an anthology of literacy theory and criticism. New Jersey: RutgersUniversity Press, 1997.

COLASANTI, Marina. Por que nos perguntam se existimos. In: SHARPE, Peggy (org.). Entre resistir e identificar-se: para uma teoria da prática da narrativa brasileira de autoria feminina. Florianópolis: Mulheres; Goiânia: Ed UFG, 1997. p.33-42. https://doi.org/10.2307/345789

GUTIÉRREZ ESTUPIÑÁN, Raquel. Una introducción a la teoría literario feminista. México: Instituto de Ciencias Sociales y Humanidades Benemérita Universidad Autónoma de Puebla, 2004. https://doi.org/10.20937/rica.2016.32.02.05

LOBO, Luísa. Literatura de autoria feminina na América Latina. Revista Mulher e Literatura, Rio de Janeiro, 1998. Disponível em: http://www.openlink.com.br/nielm/revista.htm. Acesso em: 30 dez. 2019.

NAVARRO, Márcia Hoppe (org.). Rompendo o silêncio: gênero e literatura na América Latina. Porto Alegre: Ed UFRGS, 1995.

ZOLIN, L.O. Literatura de Autoria Feminina. In: BONNINI, T.; ZOLIN, L.O. (org.) Teoria Literária: Abordagens históricas e tendências contemporâneas. Maringá: Eduem, 2012. p. 327-336.

WOOLF, Virginia. Profissões para mulheres. In: WOOLF, Virginia. Profissões para mulheres e outros artigos feministas. Tradução Denise Bottmann. Porto Alegre: L&PM, 2017. p. 09-19.

Publicado
2020-04-08
Como Citar
Kohlrausch, R., Guardia, S. B., & Filho, L. A. dos S. P. (2020). A escrita de mulheres, as mulheres na escrita: histórias de vida na literatura da América Latina. Letrônica, 13(1), e36816. https://doi.org/10.15448/1984-4301.2020.1.36816