O modo como expressão do ponto de vista em Dom Casmurro, o romance, e Capitu, a microssérie

Palavras-chave: Dom Casmurro. Capitu. Narrativa. Microssérie. Modo. Focalização

Resumo

As obras Dom Casmurro, o romance, e Capitu, a microssérie possuem um modo de trânsito entre elas, operacionalizado recentemente (2008) por Luís Fernando Carvalho, que revela a adaptação do discurso verbal para o verbo visual, sem desconsiderar o fato de que todo o fornecimento de informação narrativa provém de uma única fonte, Dom  Casmurro, o personagem narrador. Essa adaptação nos instiga a adentrar os meandros deste processo a fim de compreender os diferentes pontos de vista, a ilusão de verdade, as autorias narrativas propostas inicialmente pelo autor-narrador da primeira obra e em seguida, pelo adaptador-focalizador da segunda.  A tese eixo que propomos é a de que a fala ostensiva do narrador do romance não foi interrompida no fluxo narrativo das imagens, a ponto de fragmentar ou comprometer os seus significados, ao contrário, preserva-os e os viola ao mesmo tempo, construindo uma nova obra e ressaltando a identidade da “outra” na qual se ampara, sem que sejam as mesmas. Para a verificação e percepção do modo dessa transição, fundamentamo-nos nas categorias narrativas atinentes a narradores e focalizadores, a partir de suportes teóricos, conceituais e literários de vasta bibliografia anexa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALEXANDRE JR., Manuel. Introdução. In: ARISTÓTELES. Retórica. Trad. Manuel Alexandre Júnior, Paulo Farmhouse Alberto e Abel do Nascimento Pena. 3. ed. Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 2006. (Coleção Biblioteca de Autores Clássicos.)

ALLEN, Woody. Noivo neurótico, noiva nervosa. [Filme]. EUA. 1977. 35mm. 93 min.

ALMEIDA, Carlos Helí de. Luiz Fernando Carvalho: ‘não corro atrás de elogios’. Jornal do Brasil, dez./2008.

ARISTÓTELES. Retórica. Trad. Manuel Alexandre Júnior, Paulo Farmhouse Alberto e Abel do Nascimento Pena. 3. ed. Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 2006. (Coleção Biblioteca de Autores Clássicos.)

ARRAES, Guel. A invenção do Brasil. [Microssérie]. 2000

ARRAES, Guel. O Auto da Compadecida. [Microssérie]. 2000.

ASSIS, Cláudio. Baixio das bestas. [Filme]. Brasil. 2007. 80 min.

ASSIS, Machado de. Dom Casmurro. São Paulo: Ed. Ática, 2000.

AUMONT, Jacques. Moderne? Paris : Ed. Cahiers du Cinéma, 2007.

AZERÊDO, Genilda. Jane Austen, Adaptação e Ironia: Leitura Introdutória de Emma. Graphos, João Pessoa, n.1, v. 4, 1999.

AZERÊDO, Genilda. O discurso ficcional na TV: sedução e sonhos em doses homeopáticas. São Paulo: Editora da USP, 2002.

BAZIN, André. O cinema da crueldade. São Paulo: Martin Fontes, 1989.

BAZIN, André. Por um cinema impuro. In: O cinema: ensaios. São Paulo: Braziliense, 1991. p. 82-104.

BENJAMIN, Walter. O narrador. In: BENJAMIN, Walteret al. (org.). Sobre arte, técnica, linguagem e política. Lisboa: Relógio D’água Editores, 1992. p. 27-57.

BENJAMIN, Walter et al. O narrador. In: BENJAMIN, Walter et al. (org.). Textos escolhidos/Benjamin, Horkheimer, Adorno, Habermas. São Paulo: Abril, 1980.

BRITO, João Batista de. Narrativas em conflito: três questões diferentes sobre a diferença entre literatura e cinema. In: Literatura no cinema. São Paulo: Unimarco, 2006.

BRITO, João Batista de. Dois modelos de cinema. In: Imagens amadas. São Paulo: Ateliê, 1995.

BULHÕES, Marcelo. Para além da “fidelidade” na adaptação audiovisual: o caso da minissérie televisiva Capitu. Revista Galáxia, São Paulo, n. 23, p. 59-71, jun. 2012.

CALDWELL, Helen. O Otelo Brasileiro de Machado de Assis. Rio de Janeiro: Ateliê Editorial, 2002.

CAMPEDELLI, Samira Youssef. A telenovela. São Paulo: Ática, 2001.

CÁNEPA, Laura Loguercio. Expressionismo alemão. In: MASCARELLO, Fernando (org.). História do cinema mundial. Campinas: Papirus, 2006.

CARVALHO, Luiz Fernando. A Pedra do Reino. [Microssérie]. Rio de Janeiro, 2007.

CARVALHO, Luiz Fernando. Afinal, o que querem as mulheres? [Microssérie]. Rio de Janeiro, 2010.

CARVALHO, Luiz Fernando. Capitu. [Microssérie]. Rio de Janeiro, 2009.

CARVALHO, Luiz Fernando. Hoje é dia de Maria. [Microssérie] 2005.

CHALHUB, Samira. A metalinguagem. São Paulo: Editora Ática, 1998.

COLOMBO, Sylvia. Hoje é dia de Capitu. Folha de São Paulo. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2211200807.htm. Acesso em: 9 dez. 2008.

DAL FARRA, Maria Lúcia. O narrador ensimesmado: o foco narrativo em Virgílio Ferreira. São Paulo: Ática, 1978.

FREUD, Sigmund. O estranho, 1919. In: História de uma neurose infantil. Rio de Janeiro: Imago, 1996. p. 233-270. (Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, 17).

FRIEDMAN, Norman. O ponto de vista na ficção: o desenvolvimento de um conceito crítico. Trad.: Fábio Fonseca de Melo. Revista USP, São Paulo, n. 53, p. 166-182, mar./maio, 2002.

FURTADO, Jorge. O homem que copiava. [Filme]. Porto Alegre. 2003. 123 min.

GENETTE, Gérard. Discurso da narrativa – ensaio de método. Trad.: Fernando Cabral Martins. Lisboa: Arcádia, 1979.

GENETTE, Gérard. Palimpsestos: a literatura de segunda mão. Trad.: Luciene Guimarães e Maria Antônia Ramos. Belo Horizonte: FALE/UFMG, 2006. 7-48.

GLEDSON, John. Machado de Assis: impostura e realismo: uma reinterpretação de Dom Casmurro. Trad.: Fernando Py. São Paulo: Companhia das Letras, 1991.

Globo, O. Divulgação. 07/12/2008. Disponível em: http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/posts/2008/12/09/a-capitu-de-luiz-fernando-carvalho-145085.asp. Acesso em: 11 jan. 2013.

GÓES, Moacyr. Dom. [Filme]. Brasil. 2003. 91 min.

GOMES, Lívia Cristina. A peste da mímesis. Revista USP, São Paulo, n. 77, mar./maio 2008.

GOMES, Paulo Emílio Salles. A personagem cinematográfica. In: CANDIDO, Antonio et alii. A personagem de ficção. São Paulo: Perspectiva, 2009.

HUTCHEON, Linda. Uma teoria da adaptação. Trad.: André Chechinel. Florianópolis: Editora da UFSC, 2011.

JAKOBSON, Roman. A decadência do cinema? Trad.: Francisco Achcar. In: Linguística. Poética. Cinema. São Paulo: Perspectiva, 1970.

JAKOBSON, Roman. Linguística e Comunicação. São Paulo: Cultrix, s.d.

JOST, François. Seis lições sobre televisão. Porto Alegre: Editora Sulina, 2004.

KRISTEVA, Julia. Introdução à semanálise. Trad.: Lúcia Helena França Ferraz. São Paulo: Perspectiva, 1974.

KRISTEVA, Júlia. Le mot, le dialogue, le roman. In: Semiotike. Recherche pour une sémanalyse. Paris: Seuil, 1969.

LEITE, Lígia Chiappini Moraes. O foco narrativo (ou A polêmica em torno da ilusão). São Paulo: Ática, 2002;

LUBBOCK, Percy. A técnica da ficção. Trad.: Octávio Mendes Carvalhos. São Paulo: Cultrix, 1954.

MAGGIO, Sérgio. Luiz Fernando Carvalho lança sua visão estética sobre o romance Dom Casmurro. Correio Braziliense. 09/12/2008. Busca realizada às 23h32 de 9/1/2013 em: http://divirta-se.correioweb.com.br/materias.htm?materia=5497.

MARTIN, Marcel. A linguagem cinematográfica. Trad.: Paulo Neves. São Paulo: Brasiliense, 2003.

MERQUIOR, José Guilherme. Machado de Assis e a prosa impressionista. In: De Anchieta a Euclides: breve história da literatura brasileira. Rio de Janeiro, 1977.

MOUSINHO, Luiz Antônio. O telespectador deslocado: o programa Cena Aberta e o seriado Cidade dos Homens. In: PAIVA, Cláudio Cardoso de et al. Mídias e culturalidades: análises de produtos, fazeres e interações. João Pessoa: Editora Universitária da UFPB, 2007. p. 115-140.

POUILLON, Jean. O tempo no romance. São Paulo: Cultrix/EDUSP, 1974.

PUCCI JR., Renato Luiz. A microssérie Capitu: adaptação televisiva e antecedentes fílmicos. In: XX ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL

DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO, 2011, Porto Alegre.

PUCCI JR., Renato Luiz. Cinema moderno e de vanguarda na TV: o paradoxo pós-moderno de Cena Aberta. In: HAMBURGUER, Esther et al. Estudos Socine de Cinema: ano IX. São Paulo: Annablume, Socine, 2008. p. 325-232.

PUCCI JR., Renato Luiz. Intersecção pós-moderna entre cinema e TV: o caso de O Auto da Compadecida. In: CATANI, Afrânio Mendes et al. Estudos Socine de cinema: ano VI. São Paulo: Nojosa Edições, 2005. p. 325-332.

PUCCI JR., Renato Luiz. Particularidades narrativas da microssérie Capitu. In: BORGES, Gabriela; PUCCI JR., Renato; SELIGMAN, Flávia (org.). Televisão: formas audiovisuais de ficção e de documentário. São Paulo: Faro e São Paulo, 2011. Vol. I.

REIS, Carlos; LOPES, Ana Cristina M. Dicionário de Teoria da Narrativa. São Paulo: Editora Ática, 1988.

SANTIAGO, Silviano. Retórica da verossimilhança. In: Uma literatura nos trópicos. São Paulo: Perspectiva, 1978.

SANTIAGO, Silviano. O narrador pós-moderno. In: Nas malhas da letra: ensaios. Rio de Janeiro: Rocco, 2002. p. 38-60.

SANTIAGO, Silviano. O narrador pós-moderno. In: SANTIAGO, Silviano. Nas malhas da letra. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

SARACENI, Paulo César. Capitu. [Filme]. Brasil. 1968. 105 min.

SCHWARZ, Roberto. A poesia envenenada de Dom Casmurro. In: Duas meninas. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

STAM, Robert. A literatura através do cinema: realismo, magia e a arte da adaptação. Trad.: Heloísa Jahn. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

STAM, Robert. Teoria e prática da adaptação: da fidelidade à intertextualidade. In: CORSEUIL, Anelise Reich (ed.). Ilha do desterro: Film Beyound Boundaries, Florianópolis, UFSC, n. 51, p. 19-53, jul./dez. 2006.

TODOROV, Tzvetan et al. As categorias da narrativa literária. Trad.: Eni Orlandi. In: Análise estrutural da narrativa. Petrópoles: Editora Vozes Ltda, 1971.

VISCONTI, Luchino. Morte em Veneza. [Filme]. Itália. 1971. 130 min.

Publicado
2020-04-28
Como Citar
Monteiro, A. de A., & Mousinho, L. A. (2020). O modo como expressão do ponto de vista em Dom Casmurro, o romance, e Capitu, a microssérie. Letras De Hoje, 55(1), e33678. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2020.1.33678
Seção
Qual é a amplitude da literatura quando a palavra literária se espalha pelas artes?