A escola que avalia e que é avaliada: o papel da escola na construção de um mundo humano comum

  • Jose Pedro Boufleuer UNIJUÍ
  • Rosane Mürmann Prestes UNIJUÍ
Palavras-chave: Escola, Modernidade, Avaliação, Mundo humano comum.

Resumo

O texto reflete sobre as implicações da Modernidade para a educação e, consequentemente, para a escola. É no contexto da Modernidade que se atribui à escola, enquanto instituição social, a importante tarefa da socialização das crianças e jovens mediante a construção/reconstrução dos conhecimentos que integram o legado cultural da humanidade. A avaliação nasce com a escola e adquire à luz das tarefas desta a sua legitimidade. Tanto a escola como a avaliação tem papéis vinculados à construção de um mundo humano comum. Com base numa diferenciação entre currículo e pedagogia o texto propõe duas dimensões da avaliação: uma referente à verificação do grau de aprendizagem, que compete às instâncias vinculadas à ordem política, e outra referente ao acompanhamento do processo de aprendizagem, que compete ao educador e à escola. Essas duas dimensões, mesmo que analiticamente separáveis, operam em perspectiva de interdependência e complementaridade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jose Pedro Boufleuer, UNIJUÍ
Possui graduação em Estudos Sociais pelo Instituto Educacional Dom Bosco (1983) , graduação em Filosofia pelo Instituto Educacional Dom Bosco (1984) , especialização em Especialização Em Educação pelo Instituto Educacional Dom Bosco (1988) , mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (1990) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1996) . Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Educação , com ênfase em Fundamentos da Educação. Atuando principalmente nos seguintes temas: PEDAGOGIA, FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO, HABERMAS, AÇÃO COMUNICATIVA, PARADIGMA DA COMUNICAÇÃO e AGIR COMUNICATIVO.
Rosane Mürmann Prestes, UNIJUÍ
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUI; Especialista em Educação Infantil e Graduada em Pedagogia pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (1988). Professora Regente de Classe com mais de 25 anos de experiência. Tem como linha de pesquisa a avaliação na educação infantil e básica
Publicado
2013-06-27
Como Citar
Boufleuer, J. P., & Prestes, R. M. (2013). A escola que avalia e que é avaliada: o papel da escola na construção de um mundo humano comum. Educação, 36(2), 240-249. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/index.php/faced/article/view/12014