Educação e formas de conhecimento: do inatismo antigo (Platão) e da educação natural moderna (Rousseau)

  • Claudio A. Dalbosco Universidade de Passo Fundo
Palavras-chave: educação, conhecimento, inatismo, educação natural, criança, aprendizagem

Resumo

O artigo trata da relação entre educação e formas de conhecimento. Busca esclarecer em que sentido certa noção epistemológica de educação pode influenciar decisivamente na relação entre educador e educando, mais precisamente na maneira como o educador concebe o modo como o educando aprende. Analisa, como caso ilustrativo, o modelo inatista antigo, que tem sua referência maior no Menão de Platão e, modernamente, o modelo da educação natural, desenvolvido por Jean-Jacques Rousseau no Émile. Defende a tese de que a educação natural, ao basear-se na experiência e nos sentidos da criança e na educação pelas coisas, representa uma objeção consistente ao modelo inatista clássico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudio A. Dalbosco, Universidade de Passo Fundo
Nadja Mara Amilibia Hermann Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1C Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (1973), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1982) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1995), com doutorado sanduíche na Universidade de Heidelberg. Foi professora titular de Filosofia da Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul de 1997 a 2005. Coordenou o Comitê de Educação e Psicologia da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul no período de 2002 a 2006. Realizou estágios de pesquisa na Universidade de Heidelberg/Erziehungswissensschatliches Seminar nos anos de 1998, 1999 e 2005. Atualmente é professora adjunta da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Filosofia da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia da educacao, racionalidade, hermenâutica, Habermas, Gadamer, ética, ética e estética. (Texto informado pelo autor)
Como Citar
Dalbosco, C. A. (2012). Educação e formas de conhecimento: do inatismo antigo (Platão) e da educação natural moderna (Rousseau). Educação, 35(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/index.php/faced/article/view/11640
Seção
Artigos