As contribuições da hermenêutica de Gadamer para a formação de professores

  • Marlene Rozek PUCRS
Palavras-chave: formação docente, hermenêutica filosófica, relação professor-aluno, diálogo

Resumo

Este artigo propõe-se a analisar as ideias de Hans-Georg Gadamer e suas contribuições para o estudo da formação docente. A perspectiva hermenêutica na compreensão da docência mostra-se relevante, pois permite a construção de horizontes interpretativos acerca de si mesmo e do outro, bem como o esclarecimento necessário sobre a produção de sentidos acerca do ser professor e do ato de educar. No campo educativo, entende-se que a formação docente pode ser pensada como uma relação hermenêutica, logo, uma relação de produção de sentidos e, desta forma, a formação de professores, como prática que compreende e interpreta, desvenda e produz sentido, estaria contribuindo para a ampliação do horizonte compreensivo acerca das relações que se estabelecem na relação pedagógica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marlene Rozek, PUCRS
Mestre e Doutora em Educação;Professora e coordenadora do Departamento de Estudos Especializados da Faculdade de Educação da PUCRS.
Publicado
2013-02-15
Como Citar
Rozek, M. (2013). As contribuições da hermenêutica de Gadamer para a formação de professores. Educação, 36(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/index.php/faced/article/view/11221