Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • O texto segue os requisitos de formatação da revista segundo as "Diretrizes para Autores", encontradas na seção "Submissões".

Diretrizes para Autores

  • As referências devem seguir o sistema Autor-Data do Chicago Manual of Style (autor ano, páginas). As normas estão disponíveis de forma completa em www.chicagomanualofstyle.org. Chicago - Regras Gerais
  • O autor deverá manter atualizado o seu perfil cadastral e, para fins de submissão de novo texto, preencher de forma completa os itens de informação abaixo indicados em “Condições para Submissão”.
  • As informações sobre os autores devem conter os seguintes dados: nome completo com a grafia correta; ORCID (ver: orcid.org); afiliação: instituição, cidade, estado e país (em nenhum caso as afiliações devem vir acompanhadas das titulações ou minicurrículos dos autores. Estes, quando presentes, devem ser publicados separadamente das afiliações como notas do autor). e-mail; endereço postal físico completo do autor correspondente, podendo ser o institucional, disposto no final do artigo; fonte de financiamento da pesquisa (se houver); potenciais conflitos de interesse (se houver).
  • Os arquivos encaminhados para a submissão estão em formato aberto de texto (Word).
  • O texto contém título, resumos e palavras-chave nas línguas indicadas pelo periódico (inglês, português e espanhol). Se houver texto escrito originalmente em outra língua estrangeira, deve conter título, resumo e palavras-chave em Português e nas línguas da interface da revista.
  • Resumos podem ter até 1.000 caracteres e neles são sintetizados os propósitos, métodos e conclusões do trabalho. Palavras-chave podem ser entre três e cinco, separadas por ponto e com a primeira inicial em letra maiúscula. Textos podem ter um total de até 40.000 caracteres, incluídos os espaços.
  • Figuras e tabelas devem ter seu lugar indicado no texto e ser enviadas em arquivo à parte, com identificação de programa e versão.
  • As informações bibliográficas devem estar corretas e de acordo com a norma Chicago, 17ª edição, adotada pelo periódico em 2019.
  • A contribuição deve ser original e inédita, e não estar sob avaliação para publicação por outra revista; não sendo o caso, justificar em “Comentários ao editor” ao submeter o texto no portal.
  • A publicação de trabalhos está condicionada à aprovação por pareceristas. São levados em conta a originalidade do tratamento do tema, a consistência e o rigor da abordagem, sua contribuição para a linha temática. Os nomes dos pareceristas permanecerão em sigilo, omitindo-se também os nomes dos autores perante os pareceristas.
  • O envio espontâneo de artigos e a posterior aceitação para publicação implicam, automaticamente, a cessão dos direitos da primeira publicação para a Revista. Os direitos autorais intelectuais permanecem com o autor. Eventual reprodução posterior, por qualquer meio, poderá ser feita somente mediante entendimento prévio entre a Revista e o autor e com a devida citação da fonte.
  • Os conceitos emitidos nos trabalhos são de responsabilidade exclusiva dos autores, não refletindo necessariamente a opinião da Comissão Editorial e do Conselho Editorial.
  • Os autores informam, junto com sua identificação, a fonte de financiamento da pesquisa e potenciais conflitos de interesses.
  • Os trabalhos são enviados sob autoria anônima, em texto corrido e sem o uso de recursos sofisticados de formatação através da página da revista. Para envio e acompanhamento é necessário cadastrar-se na área de acesso, fornecer as informações relativas à sua formação acadêmica, organização e área em que atua, endereço postal completo, e sua identificação Orcid (ver: orcid.org).
  • Conversas e Controvérsias aceita dois modos de submissão: para núcleos temáticos específicos, dentro de prazos previamente definidos, ou como texto avulso para as sessões “Artigos livres” ou “Resenhas”. Os núcleos temáticos são compostos pela sessão “Dossiê temático” e também podem incluir “Resenhas”. Sobre os textos para núcleos temáticos, é decidido em bloco, em comum acordo com os editores convidados, após o término do prazo de submissão; textos enviados para os núcleos temáticos aprovados pelos pareceristas anônimos, mas não escolhidos pelos editores convidados para a composição final do dossiê, ou ainda, textos enviados para os núcleos temáticos cuja avaliação de ao menos um dos pareceristas anônimos não seja enviada em tempo hábil para apreciação dos editores convidados no prazo editorial do dossiê, podem ser deslocados para a publicação na sessão “Artigos livres”, ficando sujeitos ao calendário de publicação dessa sessão; textos avulsos são avaliados em fluxo contínuo e a aprovação fica condicionada à perspectiva concreta de publicação.
  • Destaques no interior do texto são em itálico. As notas, quando indispensáveis, são de rodapé, curtas e substantivas, numeradas sequencialmente e sem formatação específica.
  • Citações com até 3 linhas devem ser marcadas com aspas duplas e inseridas no corpo do texto. A citação que ultrapassar 3 linhas deve ser recuada e inserida em parágrafo próprio, com recuo de 4 cm, em fonte menor. A citação deverá conter o nome do autor, o ano da obra e as páginas.
  • Gráficos, figuras e tabelas são enviados em arquivos separados (no passo 4 do processo de submissão, "Transferência de documentos suplementares"). As imagens devem estar em arquivo PNG ou JPEG de alta definição, mas sem exceder 1,5 megabytes, e podem ser coloridas. No layout final os elementos gráficos não poderão ultrapassar as dimensões da página da revista (16,5 x 11,5 cm). A numeração sequencial e o título, bem como a fonte dos dados, vêm inseridos no texto como lugares-tenentes.
  • As notas de referências são inseridas no texto, seguindo o seguinte padrão: (Autor ano, xx) ou (Autor1 ano, xx; Autor2 ano, xx). Havendo mais de uma obra do mesmo autor num ano, este vem acompanhado de uma letra sequencial do alfabeto. Exemplo: (Autor 1998a; 1998b).
  • As referências são apresentadas no final do trabalho, listadas em ordem alfabética e sem numeração, segundo o estilo Chicago, 17ª edição.
  • Toda a literatura deve ser submetida à verificação da existência de DOI em: www.crossref.org/SimpleTextQuery.

Artigos Livres

Esta seção recebe submissões em fluxo contínuo.

Resenha

Esta seção recebe submissões em fluxo contínuo.

Dossiê - Biografia e sociedade

Dossiê “Biografia e sociedade”– submissões: abril-maio/ 2019

Organizadores: Hermílio Santos, Naida Menezes, Lucas Sangalli, Priscila Susin

Dossiê - Juventudes, participação e políticas públicas

Dossiê “Juventudes, participação e políticas públicas” – submissões: junho-julho / 2019

Organizadoras: Fernanda Bittencourt Ribeiro, Ane Briscke, Bruna Koerich

Este dossiê tem por objetivo reunir pesquisas empíricas que tratem da temática “Juventudes, participação e políticas públicas”. Na abordagem que propomos, a  juventude, enquanto categoria social, congrega múltiplas experiências de ser jovem, vividas por sujeitos dotados de agência e cujas presenças na vida social convidam a reflexões que extrapolam a noção de juventude restrita ao recorte etário, à noção de transição ou de “vir a ser”. No plano da ação pública, nas últimas décadas, observamos iniciativas que provocam deslocamentos da perspectiva de juventude como problema social para a de jovens como sujeitos de direitos, apesar de existirem permanências e convivências entre as duas perspectivas. Nesse cenário, as políticas púbicas para a juventude crescem em quantidade e diversidade, mesmo que o momento político e econômico vivido no país evidencie a fragilidade dessas ações. Tendo em vista a presença de mais de 50 milhões de jovens na população brasileira, segundo dados do último censo, torna-se necessário refletir sobre a realidade cotidiana das políticas voltadas para esse segmento populacional. Essas análises são imprescindíveis para o avanço teórico sobre o tema e para o desenho de políticas públicas para a juventude que façam mais sentido para as demandas e necessidades de seu público-alvo. Nesse sentido, são bem-vindas discussões de diferentes áreas das ciências humanas que versem sobre as múltiplas ações orientadas para a juventude desde o acesso ao ensino básico e superior, o ingresso no mundo do trabalho, as políticas de encarceramento e criminalização da juventude ou nos variados eixos de intervenção como saúde, assistência, cultura, esporte, lazer dentre outros. O dossiê busca também dar visibilidade a trabalhos que abordem os usos e os modos como os jovens apropriam-se e participam das políticas, programas e instituições a eles destinados.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou à terceiros.