Os dados estão nos engolindo?

Palavras-chave: Big data, Datificação, Dataísmo, Contradição, Capitalismo

Resumo

Este artigo visa definir e colocar em discussão três conceitos e práticas interconectadas, mas, ao mesmo tempo, irredutíveis: big data, datificação e dataísmo. São conceitos recentes que se impuseram devido ao aumento vertiginoso de dados que correm a uma velocidade ímpar na internet. As discussões se desenvolvem para desembocar com mais ênfase no dataísmo hoje criticado como uma nova forma de religião. São colocadas em evidência suas ambivalências, paradoxos e contradições, em especial o paradoxo do uso ininterrupto das redes e as novas contradições do capitalismo que são alimentadas por esse uso. A balança que oscila entre o desejo do usuário e os efeitos nefastos na lógica mais recente do capitalismo abre um abismo que este artigo coloca sob reflexão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucia Santaella, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo, SP, Brasil.

Doutora em Teoria Literária pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo, SP, Brasil; pós-doutorado na Gesamthochschule Kassel, U. K., Alemanha e pela Indiana University, IU Bloomington, Estados Unidos; professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo, SP, Brasil; livre docente da Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, SP, Brasil.

Dora Kaufman , Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo, SP, Brasil

Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, SP, Brasil; pós-doutorado em Engenharia de Produção Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE-UFRJ), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil e em Tecnologias de Inteligência e Design Digital pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (TIDD/ PUC-SP), São Paulo, Brasil; professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

Referências

Bruno, Fernada. 2012. Rastros digitais sob a perspectiva da teoria ator-rede. Famecos 19 (3): 681-704. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2012.3.12893.

Couldry, Nick e Ulises Mejias. 2019. The costs of connection. How data is colonizing human life and appropriating it for capitalism. Palo Alto: Stanford University Press.

Freud, Sigmund. 2019. O infamiliar. São Paulo: Autêntica.

Frischmann, Brett e Evan Selinger. 2018. Re-engineering humanity. Cambridge: Cambridge University Press.

Han, Byung-Chul. 2019. Sociedade da transparência. Rio de Janeiro: Editora Vozes.

Harari, Yuval Noah. 2016. Homo Deus. Uma breve história do amanhã. São Paulo: Companhia das Letras.

Hoffmann, Ernst T. A. 2010. O homem da areia. Rio de Janeiro: Rocco Jovens Leitores.

Lohr, Steve. 2015. Data-ism. The Revolution transforming decision making, consumer behavior, and almost everything else. New York: Harper Business.

Mayer-Schonberger, Viktor e Kenneth Cukier. 2013. Big data: a revolution that will transform how we live, work, and think. New York: Houghton Mifflin Harcourt.

Mayer-Schonberger, Viktor e Thomas Ramge. 2018. Reinventing capitalism in the age of big data. London: John Murray.

O’Nel, Cathy. 2016. Weapons of math destruction: How big data increases inequality and threatens democracy. New York: Crown.

Poe, Edgar Allan. 1985. William Wilson. In Contos de Edgar Allan Poe, traduzido por José Paulo Paes, 109- 128. São Paulo: Cultrix.

Russell, Stuart. 2019. Human compatible: artificial intelligence and the problem of control. Londres: Penguin Books.

Santaella, Lúcia. 1985. Estudo Crítico: Edgar Allan Poe. O que em mim sonhou está pensando. In Contos de Edgar Allan Poe, 139-189. São Paulo: Cultrix.

Santaella, Lucia e Mariane Cara. 2014. As performances subjetivas na espetacularização dos corpos. In Sociotramas. Estudos multitemáticos sobre redes digitais, organizado por Lucia Santaella, 77-90. Barueri: Estação das Letras e Cores.

Srnicek, Nick. 2017. Platform capitalism. London: Polity Press.

Van Dijck, José. 2017. Confiamos nos dados? As implicações da datificação para o monitoramento social. MATRIZes 11 (1): 39-59. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v11i1p39-59.

Zuboff, Shoshana. 2019. The age of surveillance capitalism. The fight for a human future at the new frontier of power. London: Profile Books.

Publicado
2021-08-24
Como Citar
Santaella, L., & Kaufman , D. (2021). Os dados estão nos engolindo?. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 21(2), 214-223. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2021.2.39640