A pergunta do aluno como prática de aprendizagem

  • Marcus Mello de Almeida Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS
  • Andrea Norema Bianchi de Camargo Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS
Palavras-chave: Educação. Pergunta do aluno. Aprendizagem. Pesquisa.

Resumo

O presente artigo aborda a temática da pergunta do aluno em sala de aula como ponto de partida para a aprendizagem. Uma metodologia específica que busca o relevante nas relações educacionais, desencadeando a pesquisa, e por consequência uma forma significativa de aprender. Nesta perspectiva, as manifestações do aluno em relação a suas necessidades apresentam-se como uma forma de balizamento do trabalho do professor, que estando ciente delas, pode melhor direcionar a sua prática pedagógica, promovendo a formação do sujeito autônomo, capaz de melhor entender a sua realidade, numa educação contextualizada e transformadora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcus Mello de Almeida, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS

Graduado em Biologia e Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática da PUCRS. Professor de Biologia do Colégio Marista Rosário.

Andrea Norema Bianchi de Camargo, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS

Graduada em Química e Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática da PUCRS.

Referências

DEMO, Pedro. Pesquisa como Princípio Educativo na Universidade. In: MORAES, Roque; LIMA, Valderez (Org). A pesquisa em sala de aula. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004.

DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa. Campinas, SP: Autores Associados, 2007.

MANCUSO, Ronaldo (Org). Aprender em rede na Educação em Ciências. Ijuí: UNIJUÍ, 2008.

MORAES, Maria Cristina. Do ponto de interrogação ao ponto: a utilização dos recursos da internet na educação pela pesquisa. In: MORAES, Roque; LIMA, Valderez (Org). A pesquisa em sala de aula. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004.

MORAES, Roque; RAMOS, Maurivan G.; GALIAZZI, Maria do Carmo. Aprender química: promovendo excursões em discursos da química. In: ZANON, Lenir B.; MALDANER, Otávio A (Org.). Fundamentos e propostas de ensino de química para a educação básica no Brasil. Ijuí: UNIJUI, 2007.

OLIVEIRA, Alessandro Silva de; SOARES, Márlon Herbert Flora Barbosa. Júri Químico: Uma Atividade Lúdica para Discutir Conceitos Químicos. In: Química Nova na Escola, n.21, maio 2005.

RAMOS, Maurivan Güntzel. A importância da problematização no conhecer e no saber em Ciências. In: GALIAZZI, Maria do Carmo; AUTH, Milton; MORAES, Roque; MANCUSO, Ronaldo (Org.). Aprender em rede na Educação em Ciências. Ijuí: UNIJUÍ, 2008.

RAMOS, Maurivan Güntzel; MORAES, Roque. A Avaliação em Química: Contribuição aos processos de mediação da aprendizagem e de melhoria do ensino. In: SANTOS, Wildson Luiz Pereira; MALDANER, Otavio Aloisio (Org). Ensino de Química em Foco. Ijuí: UNIJUÍ, 2010.

VYGOTSKY, Lev Semenovitch. Pensamento e Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

Publicado
2011-12-31
Como Citar
de Almeida, M. M., & de Camargo, A. N. B. (2011). A pergunta do aluno como prática de aprendizagem. Caderno Marista De Educação, 8. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/index.php/caderno-marista-de-educacao/article/view/37205
Edição
Seção
Artigos