The Arabic Aristotle in the 10th century Bagdad: the case of Yaiya ibn ‘Adi’s Commentary on Metaph. Alpha Elatton

Cecilia Martini Bonadeo

Resumo


Neste estudo, procura-se mostrar, através de um autor cristão do século 10, como comentários às obras de Aristóteles foram continuamente feitos, desde os gregos até Averróis. Por meio de alguns textos da Metafísica, é possível perceber que, mesmo sem ter contato direto com o original grego, foram cotejadas pelo autor diversas traduções, tanto do grego como do siríaco. Nesses casos, tratava-se, não apenas de tradução, mas também de comentário ao texto de Aristóteles. PALAVRAS-CHAVE – Aristóteles. Metafísica. Filosofia islâmica. Traduções para o árabe. Comentários.

Palavras-chave


Aristóteles; Metafísica; Filosofia islâmica; Traduções para o árabe; Comentários;

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-6746.2007.3.4669

ISSN-L: 0042-3955

e-ISSN: 1984-6746


Veritas - Revista Quadrimestral de Filosofia da PUCRS

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos princípios recomendados por essa organização de referência internacional em ética e integridade na publicação científica.http://www.publicationethics.orgbr>

Licencia Creative Commons

Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas editoriales de revistas científicas brasileñas. Disponibilidad de depósito: Azul .

 Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS