Tecendo uma teia: aquisição de conceitos e papel inferencial

John Sarnecki

Resumo


Teorias dos conceitos e da aquisição de conceitos são mutua-mente vinculados. O modo como encaramos a aquisição de conceitos depende tanto do que tomamos por conceitos e das habilidades que em-pregamos para adquiri-los. Eu argumento que a abordagem cognitivista da aquisição de novos conceitos proposta por Ned Block não é compatível com a sua concepção semântica de papel conceitual. Se os conceitos são definidos pelos seus papéis conceituais, então a aquisição de novos conceitos mudará os papéis conceituais de conceitos empregados em qualquer forma de formação de hipótese e de aprendizagem de confirmação. Isso quebra a co-nexão que evidencia entre conceitos adquiridos e a evidência utilizada para justificar suas aplicações subsequentes. Consequentemente, a semântica de papel conceitual não pode beneficiar-se das abordagens cognitivistas para a aquisição de conceitos. A despeito disso, elas podem, entretanto, explicar a natureza aparentemente racional da aquisição de conceitos.

Palavras-chave


Teoria dos Conceitos. Aquisição de conceitos. Cognitivismo. Concepção semântica.

Texto completo:

PDF (EM INGLÊS)


 ISSN-L: 0042-3955

e-ISSN: 1984-6746

 

Veritas - Revista de Filosofia da PUCRS

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

 

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

Copyright: © 2006-2017 EDIPUCRS