O cristianismo como religião pública

Ramiro Mincato

Resumo


O cristianismo, de longa tradição de autorreflexão metodologicamente responsável, tem por natureza uma dimensão pública. O presente artigo analisa a origem do cristianismo na pessoa de Jesus Cristo, historicamente situado, acessível a nós por meio do testemunho que seus seguidores deixaram registrados no Novo Testamento. Alguns títulos atribuídos a Jesus revelam a natureza pública do cristianismo no contexto histórico do I século da nossa era, seja na pessoa histórica de Jesus, seja na compreensão dos discípulos, tais como “Messias”, “Filho de Deus”, “Filho do homem” e “Rei de Israel”. O impacto público do cristianismo na sua origem é verificado na sua proposta de futuro histórico e escatológico, e confirmado pela sentença de morte obtida pelo Sinédrio e aplicada pelo Procurador Romano Pôncio Pilatos.

Palavras-chave


Cristianismo. Jesus histórico. Messias. Pilatos. Christianism. The historical Jesus. Messiah. Pilate.

Texto completo:

PDF


ISSN-L: 0103-314X

e-ISSN: 1980-6736



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS