A religião cura?

Wilmar Luiz Barth

Resumo


Este capítulo visa demonstrar que, na atualidade, há uma revalorização da religiosidade, da espiritualidade e da religião. Esse fato pode e deve ser avaliado a partir de vários aspectos. É reconhecido que a dimensão espiritual recebe uma atenção e valorização, especialmente por parte da psicologia e da medicina. Isso se torna mais visível quando na relação com a doença e a cura. As religiões (e particularmente a espiritualidade), são importantes aliados neste processo, conforme se noticia e pesquisa. No entanto, observa-se, por conta disso, uma oferta e exploração do religioso e da espiritualidade em favor das chamadas “curas mágicas”. As religiões, a medicina e a psicologia devem ter atenção a isso. Existem práticas religiosas que colaboram para a saúde humana.

Palavras-chave


Cura. Religião. Medicina. Psicologia.

Texto completo:

PDF

Referências


AMATUZZI, M. M. (Org.). Psicologia e Espiritualidade. São Paulo: Paulus, 2005.

BARCHIFONTAINE, C. P. Espiritualidade nas Empresas. Mundo da Saúde, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 301-305, abr.-jun. 2007.

BARTH, Wilmar Luiz. Pós-modernidade, religião e ética: da oposição à unidade. Porto Alegre: EST Editora, 2007.

BENEDETTI, L. R. Religião: crer ou consumir? Revista Vida Pastoral, ano 41, n. 257, jul.-ago. 2000.

BENEDETTI, L. R. Religião, crises e transformações. Revista Vida Pastoral, ano 50, n. 266, maio-jun. 2009.

BIANCHI, E. No nosso mundo desencantado, ensinar a fé é uma arte. Capturado em 04 jun. 2013, de http://www.ihu.unisinos.br/noticias/520178-no-nosso-mundo-desencantado-ensinar-a-fe-e-uma-arte-artigo-de-enzo-bianchi

BORGES TEIXEIRA, Evilázio Francisco; CAMPIO MÜLLER, Marisa; TIGRE DA SILVA, Juliana Dors (Org.). Psicologia e Qualidade de Vida. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004.

BORGES TEIXEIRA, Evilázio Francisco; CAMPIO MÜLLER, Marisa (Org.). Espiritualidade e saúde. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2012.

BOTELHO, J. B. Medicina e religião: conflito de competências. Manaus: Metro Cúbico, 1991.

CATALDO NETO, Alfredo; ANTONELLO, Ivan; ITAQUI, Maria Helena (Org.). O estudante de medicina e o paciente: uma aproximação à prática médica. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007.

CALVETTI, P. U.; CAMPIO MÜLLER, M.; TIELLET NUNES, M. L. Psicologia da Saúde e Psicologia Positiva: perspectivas e desafios. Psicologia, Ciência e Profissão,

v. 4, n. 27, p. 706-717, 2007.

CAVALCANTI, Raïssa. O retorno do sagrado. São Paulo: Cultrix, 2000.

CROSSLEY, J. P.; SALTER, D. P. A question of finding harmony: a grounded following trauma: the role of subjective experience. Journal of Affective Disorders, v. 86, p. 175-182, 2005.

DALGALARRONDO, P. Estudos sobre religião e saúde mental realizados no Brasil: histórico e perspectivas atuais. Revista de Psiquiatria Clínica, v. 34, supl. 1, 2007,

p. 25-33.

DE MARCO, M. A. (Org.). A face humana da medicina. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.

FARIA, J. B.; SEIDL, E. M. F. Religiosidade e Enfrentamento em Contextos de Saúde e Doença. Revisão da Literatura. Rev. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 18, n. 3, p. 381-389, 2005.

FERRER, J. Medicina y Espiritualidad: redescubriendo uma antigua alianza. In: Bioética: um diálogo plural. Madrid: Ed. Univ. Pontificia Camilas, 2002. p. 891-917.

GIOVANETTI, José Paulo. Psicologia existencial e espiritualidade. In: AMATUZZI, Mauro Martins (Org.). Psicologia e espiritualidade. São Paulo, Paulus, 2005.

GUIMARÃES, H. P.; AVEZUM, Á. O impacto da espiritualidade na saúde física. Revista de Psiquiatria Clínica, v. 34, supl. 1, p. 88-94, 2007.

HELMAN, Carlos Gustavo. Cultura, saúde e doença. Porto Alegre, Artes Médicas, 1994.

INZLICHT, M.; TULLETT, A. M.; GOOD, M. The need to believe: A neuroscience account of religion as a motivated process. Religion, Brain, & Behavior, v. 1, p. 192-212, 2011.

IRONSON, G.; SOLOMON, G.; BALBIN, E.; O’CLEIRIGH, C.; GEORGE, A.; KUMAR, M., LARSON, D., WOODS, T. E., The ironson-woods spirituality/religiousness index is associated with long survival, health behaviors, less distress, and low cortisol in people with HIV/AIDS. Annals of Behavioral Medicine, v. 24, n. 1, p. 34-48, February 2002,.

KOENIG, H. Handbook of religion and health: a century of research reviewed. Oxford: University Press, 2001.

KRIPPNER, S. Os primeiros curadores da humanidade: abordagens psicológicas e psiquiátricas sobre os xamãs e o xamanismo. Revista de Psiquiatria Clínica, v. 34, supl. 1, p. 17-24, 2007.

LUCCHETTI, G. et al. Espiritualidade na prática clínica: o que o clínico deve saber? Revista Brasileira de Clínica Medica, v. 8, n. 2, p. 154-158, 2010.

MACHADO DA SILVA, L.; CAMPIO MÜLLER, M.; BRUSIUS LUDWIG, M. V.; FACCHIN, T. H. J. Psicologia positiva: espiritualidade e saúde: repercussões na psicologia contemporânea. In: BORGES TEIXEIRA, E. F.; CAMPIO MÜLLER, M. Espiritualidade e Saúde. Porto Alegre: Casa do Psicólogo, 2012,

MAI, C. F. M.; DENARDIN, E. S. Espiritualidade nas empresas: uma nova maneira de desenvolver líderes de sucesso. Disc. Scientia, Série: Ciências Sociais Aplicadas, Santa Maria, v. 1, n. 1, p. 19-43, 2005.

McCORD, G.; GILCHRTIRS, V.J.; GROSSMAN, S. D. Discussing spirituality with patients: a rational and ethical approach. Ann Fam Med, v. 2, n. 4, p. 356-61, 2004.

MIOVIC, M. et al. Domains of discussion in psychotherapy: what do patients really want? American Journal of Psychother, v. 60, n. 1, p. 71-86, 2006.

MOREIRA DE ALMEIDA, A. Espiritualidade & Saúde Mental: o desafio de reconhecer e integrar a espiritualidade no cuidado com nossos pacientes. Zen Review, Esp. Saúde Mental, p. 1-6, 2009.

PERES, J. F. P.; SIMÃO, M. J. P.; NASELLO, A. G. Espiritualidade, religiosidade e psicoterapia. Revista de Psiquiatria Clínica, v. 34, supl. 1, p. 136-145, 2007.

SAAD, M., M.; MASIERO, D.; BATTISTELLA, L. R. Espiritualidade baseada em evidências. Acta Fisiátrica, v. 8, n. 3, p. 107-112, 2001.

SAAD, M.; ALMEIDA, C. I. de. Medicina Integrativa. Rev. Einstein: Educ. Contin Saúde, v. 6, n. 3, p. 135-136, 2008.

SANCHEZ, Z. S. A. A religiosidade, a espiritualidade e o consumo de drogas. Rev. Psiq. Clin., v. 34, supl. 1, p. 71-81, 2007.

SIEGEL, Bernie S. Amor, medicina e milagres. Porto Alegre: Best Seller, 1989.

SILVA NETO, N. A. Psicoterapia e Religião. Boletim Academia Paulista de Psicologia, v. XXIII, n. 3, p. 4-7, jan.-abr. 2003.

TEIXEIRA, Evilázio. Espiritualidade e técnica: as coisas que estão por detrás das coisas. Teocomunicação, v. 40, n. 3, p. 307-323, set.-dez. 2010.

TESSER, C. D.; LUZ, M. T. Uma introdução às contribuições da epistemologia contemporânea para a medicina. Rev. Ciência & Saúde Coletiva, São Paulo, v. 7, n. 2, p. 363-372, 2002.

VIGIL, José Maria. ¿Qué ofrece la religión a la sociedad del siglo XXI? In: Segundo Encuentro em Can Bordoi. Barcelona: CETR Editorial, 2005.

VOLCAN, S. M. A. Relationship between spiritual well-being and minor psychiatric disorders: a cross-sectional study. Saúde Pública, v. 37, n. 4, p. 440-445, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-6736.2014.1.18284

ISSN-L: 0103-314X

e-ISSN: 1980-6736



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS