Formação inicial do pedagogo que atua como coordenador pedagógico: análises e reflexões dos saberes profissionais

Susana Soares Tozetto, Priscila Gabriele da Luz Kailer

Resumo


O presente artigo analisa os saberes da formação inicial do Pedagogo que atua como coordenador pedagógico na escola. O cotidiano desse profissional, imerso por acontecimentos imprevisíveis, mobiliza saberes a cada nova situação. Portanto, apresentamos como objetivo central discutir os saberes específicos do coordenador pedagógico. Os principais autores que sustentam as análises aqui propostas são Tardif (2002), Gauthier (1998), André e Vieira (2007) e Gimeno Sacristán (1999). Assim, foi feito uma análise documental do Projeto Político Pedagógico do curso de Pedagogia da Universidade Estadual de Ponta Grossa-PR entre os anos de 2007 a 2010 e entrevistas com seis egressos do curso que atuam na escola pública municipal como coordenador pedagógico. Os resultados mostram que a amplitude dos saberes do coordenador pedagógico desafia as possibilidades de formar um profissional para diversas funções, como docente, gestor e pesquisador.


Palavras-chave


Formação inicial; Saberes; Coordenador pedagógico.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRÉ, M. E. D. A; VIEIRA, M. M. da S. O coordenador pedagógico e a questão dos saberes. In: ALMEIDA, L. R.; PLACCO, V. M. N. de S. (Org.). O coordenador pedagógico e questões da contemporaneidade. 2. ed. São Paulo: Loyola, 2007.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BRASIL. Resolução nº 1, de 15 de maio de 2006. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 16 maio 2006. Seção 1, n. 92, p. 11-12.

CANÁRIO, R. A escola tem futuro? Das promessas às incertezas. Porto Alegre: ArtMed, 2006.

DOMINGUES, I. O coordenador pedagógico e a formação continuada do docente na escola. São Paulo: Cortez, 2014.

FERREIRA, N. S. C. (Org.). A gestão da educação na sociedade mundializada: por uma nova cidadania. Rio de Janeiro: DpeA, 2003.

FERREIRA, N. S. C. Supervisão educacional: uma reflexão crítica. 15. ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

GAUTHIER, C. Por uma teoria da pedagogia. Pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí, RS: Unijuí, 1998.

GIMENO SACRISTÁN, J. Poderes instáveis em educação. Porto Alegre: ArtMed, 1999.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

NÓVOA, A. Formação de professores e profissão docente. In: NÓVOA, A. (Coord.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1995. p. 13-33.

NÓVOA, A. Formação de professores e trabalho pedagógico. Lisboa: Educa, 2002.

PABIS, N. O trabalho do pedagogo na escola pública do Paraná. 2014. 197 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Tuiuti, Curitiba, 2014.

PINTO, U. A. Pedagogia escolar: coordenação pedagógica e gestão educacional. São Paulo: Cortez, 2011.

KAILER, P. G. L. Formação inicial do coordenador pedagógico: o egresso (2007-2010) da licenciatura em Pedagogia da Universidade Estadual de Ponta Grossa-PR. 2016. 183f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 2016.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

UEPG. Universidade Estadual de Ponta Grossa. Projeto Pedagógico – Curso de Licenciatura em Pedagogia. 2006. (Processo nº 04820 –

de 10/08/2006 – aprovado em 05/12/2006 pelo Parecer CEPE nº 159/2006 e Resolução CEPE nº 130/2006). Ponta Grossa: UEPG, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/2179-8435.2018.2.27871

>

e-ISSN: 2179-8435

*********************************

Avaliação do Qualis CAPES - 2016

ÁREA CAPES - Educação

CLASSIFICAÇÃO - B2

ÁREA CAPES – Ensino

CLASSIFICAÇÃO – B1


Indexado em:
 

REDIB 

 *********************************

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons

Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS