Intertextualidade e compreensão leitora: ensino da leitura com apoio da tecnologia

Danielle Baretta, Jésura Lopes Chaves

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo demonstrar como a tecnologia pode apoiar o ensino, apresentando um objeto de aprendizagem voltado para o ensino de leitura. Nesse sentido, o objeto de aprendizagem, intitulado Fábulas Revisitadas, parte da concepção de que a compreensão leitora é fator central e essencial nas aulas de Língua Portuguesa e de que a escola é a responsável por promover a ampliação dos conhecimentos prévios do educando, tornando-o capaz de interpretar diferentes textos que circulam socialmente. Sendo assim, o objeto de aprendizagem em questão pretende desenvolver essa habilidade a partir da intertextualidade. Para tanto, apresenta blocos de atividades organizados em torno de cinco fábulas, nos quais o texto original é confrontado com outros textos que com ele dialogam. Espera-se, com isso, que os alunos reconheçam o papel dos conhecimentos prévios para uma efetiva compreensão leitora, bem como as pistas que permitem identificar o diálogo entre textos e os sentidos dele decorrentes.


Palavras-chave


Compreensão leitora; Intertextualidade; Objeto de aprendizagem; Fábula

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, Nukácia Meyre Silva. A avaliação de objetos de aprendizagem para o ensino de língua portuguesa: análise de aspectos tecnológicos ou didático-pedagógicos? In: ARAÚJO, Júlio; ARAÚJO, Nukácia Meyre Silva (Orgs.). Ead em tela: docência, ensino e ferramentas digitais. Campinas: Pontes, 2013. p. 179-207.

BARROS, Diana Luz Pessoa de; FIORIN, José Luiz (Orgs.). Dialogismo, polifonia, intertextualidade. São Paulo: Edusp, 1999.

BRAGA, Juliana; DOTTA, Silvia; PIMENTEL, Edson; STRANSKY, Beatriz. Desafios para o desenvolvimento de objetos de aprendizagem reutilizáveis e de qualidade. In: Workshop de desafios da computação aplicada à educa ção,2012, Curitiba. Anais do ... Curitiba, 2012. p. 90-99.

CASTRO, Joselaine Sebem de; PEREIRA, Vera Wannmacher. Leitor e texto: a preditibilidade faz a interação. Calidoscópio, v. 2, n. 1, 2004.

CHAROLLES, Michel. Introdução aos problemas de coerência dos textos: abordagem teórica e estudo das práticas pedagógicas. In: GALVES, Charlotte; ORLANDI, Eni Puccinelli;

OTONI, Paulo (Orgs.). O texto: leitura e escrita. Campinas: Pontes, 1998. p. 39-85.

COELHO, Nelly Novaes. O conto de fadas: símbolos, mitos, arquétipos. São Paulo: Paulinas, 2008.

COLOMER, Teresa; CAMPS, Anna. Ensinar a ler, ensinar a compreender. Trad. Fátima Murad. Porto Alegre: Artmed, 2002.

KATO, Mary Aizava. O aprendizado da leitura. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

KLEIMAN, Ângela. Aspectos cognitivos da leitura. Campinas, SP: Pontes, 1989.

KOCH, Ingedore Villaça. O texto e a construção dos sentidos. São Paulo: Contexto, 1998.

KOCH, Ingedore Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Ler e compreender os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, 2011.

KOCH, Ingedore Villaça; BENTES, Anna Cristina; CAVALCANTE, Márcia Magalhães. Intertextualidade: diálogos possíveis. São Paulo: Cortez, 2012.

KOCH, Ingedore Villaça; TRAVAGLIA, Luiz Carlos. A coerência textual. São Paulo: Contexto, 2014.

LEFFA, Vilson J. Nem tudo que balança cai: objetos de aprendizagem no ensino de línguas. Polifonia, Cuiabá, v. 12, n. 2, p. 15-45, 2006.

MACHADO, Leticia Rocha; LONGHI, Magalí; BEHAR, Patrícia Alejandra. Domínio tecnológico. In: BEHAR, Patrícia A. (Org.). Competências em Educação a distância. Porto Alegre: Penso, 2013. p. 56-80.

NUNES, César (2012). Objetos de aprendizagem a serviço do professor. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2016.

SANT’ANNA, Affonso Romano. Paródia, paráfrase e Cia. São Paulo: Ática, 2003.

SHEPERD, Clive (2000). Objects of interest. Disponível em: . Acesso em: 22 mar. 2016.

SMITH, Frank. Leitura significativa. Trad. Beatriz Affonso Neves. 3. ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999.

WILEY, David. Connecting learning objects to instructional design theory: a definition, a metaphor, and a taxonomy. In: WILEY, David. The instructional use of learning objects: the online version, 2000. Disponível em: . Acesso em: 22 mar. 2016.

ZANI, Ricardo. Intertextualidade: considerações em torno do dialogismo. Em Questão: Revista da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS, Porto Alegre, v. 9, n. 1, p. 121-132, jan./jun. 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-4301.2016.2.23816

e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2015

ÁREA CAPES - Letras/Linguística 
CLASSIFICAÇÃO - B2 



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 

 

Copyright: © 2017 EDIPUCRS