Mortes no mar, dor na terra. Brasileiros atingidos pelo ataque do submarino alemão U-507 (agosto de 1942)

Jorge Ferreira

Resumo


Desde fevereiro de 1942, navios mercantes brasileiros eram torpedeados por submarinos alemães. No entanto, com o rompimento de relações diplomáticas do Brasil com a Alemanha e a Itália, o governo nazista tomou a decisão de retaliar o governo Vargas. Para o litoral brasileiro foi enviado o submarino U-507. Em agosto daquele ano, em apenas três dias, cinco navios brasileiros foram afundados, resultando na morte de centenas de homens, mulheres e crianças. O artigo tem por objetivo conhecer, ainda que parcialmente, o sofrimento dos brasileiros que, a bordo dos navios, sobreviveram aos ataques do submarino alemão, a dor daqueles que perderam seus familiares e as repercussões da agressão militar alemã na sociedade brasileira.


Palavras-chave


Brasil na Segunda Guerra Mundial; Submarino alemão U-507; Afundamento de navios brasileiros

Texto completo:

PDF

Referências


BARONE, João. 1942: o Brasil e sua guerra quase desconhecida. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2013.

BARROS, Orlando de. A guerra dos artistas. Dois episódios de história brasileira durante a Segunda Guerra Mundial. Rio de Janeiro: E-papers, 2010.

LOCHERY, Neill. Brasil: os frutos da guerra. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2015.

MONTEIRO, Marcelo. U-507. O submarino que afundou o Brasil na Segunda Guerra Mundial. 2. ed. Porto Alegre: Publicato, 2013.

MOURA, Gerson. Neutralidade dependente: o caso do Brasil, 1939-42. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 6, n. 12, p. 177-189, 1993.

SANDER, Roberto. O Brasil na mira de Hitler. A história do afundamento de navios brasileiros pelos nazistas. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2007.

VISENTINI, Paulo Fagundes. Relações exteriores do Brasil II (1930-1964). O nacionalismo, da Era Vargas à Política Externa Independente. Petrópolis: Vozes, 2009.

Fontes

Agressão – Documentário dos fatos que levaram o Brasil à guerra. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1943.

A Noite. Rio de Janeiro, 20 de agosto e 1942.

______. Rio de Janeiro, 21 de agosto de 1942.

Correio da Manhã. Rio de Janeiro, 22 de agosto de 1942.

Diário Carioca. Rio de Janeiro, 18 de agosto de 1942.

______. Rio de Janeiro, 19 de agosto de 1942.

Diário de Notícias. Rio de Janeiro, 13 de março de 1942.

______. Rio de Janeiro, 20 de agosto de 1942.

______. Rio de Janeiro, 22 de agosto de 1942.

______. Rio de Janeiro, 30 de agosto de 1942.

Gazeta de Notícias. Rio de Janeiro, 23 de agosto de 1942.

O Jornal. Rio de Janeiro, 20 de agosto de 1942.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2017.2.24833

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios - www.publicationethics.org



AVALIAÇÃO QUALIS CAPES - 2016 
ÁREA CAPES - História
CLASSIFICAÇÃO - A2

INDEXADORES E PORTAIS

  • Web of Science - Master Journals List (Clarivate Analytics)
  • SSCI - Social Sciences Citation Index (Clarivate Analytics)
  • AHCI - Arts and Humanities Citation Index (Clarivate Analytics)
  • Scopus (Elsevier)
  • SJR - ScIMAGO Journal & Country Rank (Elsevier)
  • Historical Abstracts with Full Text (EBSCO)
  • Academic Search Premier (EBSCO)
  • Fonte Acadêmica (EBSCO)
  • Fuente Academica (EBSCO)
  • CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades
  • DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
  • REDALYC - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal
  • Portal CAPES

FATOR DE IMPACTO NO SJR (SCImago Journal & Country Rank)

SCImago Journal & Country Rank

Licença Creative Commons OriginalityCheck®
Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. 
TurnITin
Todos os artigos são submetidos ao software Turnitin, antes de iniciar qualquer tipo de avaliação.
Diadorim  Open Access 
Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul. 
 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS