A dialética das possibilidades: a face interventiva do Serviço Social

Idília Fernandes

Resumo


A sociedade contemporânea tem sido marcada pelo movimento histórico que traz a possibilidade de expressão humana, transformando tudo ao seu redor; os costumes e os recursos para a vida de hoje não se igualam aos da última metade de século que passou. Da mesma forma, os números absurdos que pontuam a exclusão social denunciam uma sociedade de sujeitos excluídos e maltratados cotidianamente em um tempo de gloriosos avanços tecnológicos e comunicacionais. Em uma perspectiva dialética, é possível perceber com maior precisão as contradições de um tempo ainda marcado pela centralidade da categoria trabalho. Este artigo pretende colocar em evidência a explicitação das categorias de apreensão do real na perspectiva do método dialético na relação com a sociedade contemporânea e com a instrumentalidade do Serviço Social.
Palavras-chave – Movimento. Transformação. Dialética. Sociedade/indivíduo. Contradição. Totalidade. Mediação. Cotidianidade. Relações sociais. Capital-trabalho. Questão social. Desigualdade. Resistência. Interdição. Acessibilidade. Protagonismo do sujeito. Método Dialético. Metodologia e instrumentalidade do Serviço Social.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS