Gêneros discursivos, posição enunciativa e dilemas da transposição didática: novas reflexões:

Adail Sobral

Resumo


Este trabalho explora princípios de definição do gênero discursivo – em sua correlação vital com as esferas de atividade – em termos do agir autoral (coletivo no âmbito do gênero e individual no âmbito do recurso aos seus dispositivos). Esse agir envolve a organização de uma arquitetônica (com maior ou menor grau de liberdade), e engloba, subsumindo-as, a unidade temática (a totalidade de sentido do enunciado/discurso), as formas de composição e o estilo (de gênero e autoral), algo que impõe um dado espectro de posições enunciativas possíveis ao locutor.

Palavras-chave


Gênero de discurso – descrição; Bakhtin; dialogismo; relações enunciativas/relações interlocutivas

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-7726 | ISSN-L: 0101-3335


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.