Docência na Educação Superior: a professoralidade em construção

Maria Isabel da Cunha

Resumo


O texto analisa as condições da docência e, em especial, a que tem a Educação Superior como cenário. Afirma que o papel social da escola, em diferentes tempos e contextos, produz o perfil desejado para o professor. Toma a perspectiva epistemológica e seus efeitos sobre as práticas pedagógicas e sobre os currículos acadêmicos. Sustenta a importância de uma ruptura com as bases da ciência moderna para poder responder às exigências da sociedade contemporânea. Analisa a identidade docente como pressuposto da professoralidade, compreendida como a profissão em ação. Relaciona a satisfação docente que envolve as dimensões organizacionais e pessoais. Defende a responsabilidade das instituições e das políticas públicas na produção de uma docência sustentada na formação profissional e coletiva, no contexto de uma pedagogia universitária que responda às demandas emergentes.


Palavras-chave


Professor. Educação Superior. Professoralidade. Identidade docente.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTBACH, Philip. The decline of the Guru: The academic profession in the third world. New York: Palgrave Macmillan, 2003.

BRITES, Rui et al. A (in)satisfação dos acadêmicos no ensino superior. In: Educação, Sociedade & Culturas, Porto, p. 129- 149, 2012.

BARNETT, Ronald. Los limites de la competencia. El conocimiento, la educación superior y la sociedad. Barcelona: Gedisa, 2001.

CASTANHO, Maria Eugênia. Sobre professores marcantes. In: CASTANHO, Sérgio; CASTANHO, Maria Eugênia. Temas e textos em metodologia do Ensino Superior. Campinas, SP: Papirus, 2001.

CORDERO ARROYO, Graciela. El asesor en la escuela: una mirada interpretativa a la construcción de su rol como formador del profesorado. In: IMBERNON, Francisco et al. Série Formación y Desarollo del Profesorado. 3. ed. Barcelona: Editorial Graó, 2007. p. 103-117.

CUNHA, Maria Isabel da. O bom professor e sua prática. Campinas, SP: Papirus, 1989.

CUNHA, Maria Isabel da. In: MOROSINI, Marilia (Org.). Enciclopédia da Pedagogia Universitária, MEC/Inep/Ries, 2006. v. 2.

CUNHA, Maria Isabel da (Org.). Trajetórias e lugares da formação universitária: da perspectiva individual ao espaço institucional. Araraquara/SP: Capes/CNPq/Junqueira & Marins Editores, 2008.

KÜSKÜ, Fatma. Dimensions of employee satisfaction: a state university example. Metu Studies en Development, v. 28, n. 2, p. 399-430, 2001.

KÜSKÜ, Fatma. Employee satisfaction in higher education: The case of academic administrative staffen Turkey. Career Development International, v. 8, n. 7, p. 347-356, 2003.

LUCARELLI, Elisa. El asesor pedagógico em la universidad. De la teoria pedagógica a la práctica en la formación. Buenos Aires: Paidos, 2000.

NÓVOA, António. O regresso dos professores. 2011. Disponível em: . Acesso em: 2 jul. 2017.

TAYLOR, James et al. Strategic enrollment management: improving student satisfaction and sucess in Portugal. Higth Education Manegement and Policy, v. 20, n. 1, p. 120-137, 2007.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

ROMAÑA, Teresa; GROS, Begoña. La profesión del docente universitário del siglo XXI: cambios superficiales o profundos? In: Revista de Enseñanza Universitária, Sevilha, n. 21, p. 7-35, 2003,




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1981-2582.2018.1.29725




Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Apoio Institucional – fev./dez. 2012 referente ao Edital MCTI/CNPq/MEC/CAPES Nº. 15/2011.




Educação

e-ISSN 1981-2582
ISSN-L 0101-465X


Avaliação do Qualis CAPES - 2014 
ÁREA CAPES - Educação
CLASSIFICAÇÃO - A2

E-mail: reveduc@pucrs.br



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras.

Disponibilidade para depósito: Azul

 

Copyright: © 2006-2017 EDIPUCRS