O breve sonho da democracia perpétua

Joachim Becker

Resumo



O artigo trata da questão da democracia em contextos ampliados ao analisar o caso europeu. Segundo o autor, a constituição da União Européia favorece maior correspondência entre a territorialidade política da regulação e o espaço econômico, mas evidencia o peso nocivo do executivo, em que a iniciativa política repousa nas mãos de comissários, não sujeitos aos controles democráticos. Nesses termos, para o autor, o desenvolvimento da União Européia condiciona as políticas nacionais e fragiliza os parlamentos, o que, se não condena o processo, pelo menos, chama atenção para uma de suas fragilidades.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7289.2001.1.67

Direitos autorais 2016 Civitas - Revista de Ciências Sociais

ISSN-L: 1519-6089  -  e-ISSN: 1984-7289

Civitas - Revista de Ciências Sociais

....................................................................................................................................................................................................

Este periódico é membro do Cope (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas editoriales de revistas científicas brasileñas. Disponibilidad de depósito: Azul .

Copyright: © 2006-2020 Edipucrs