A política deliberativa de Habermas

  • Aylton Barbieri Durão Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Democracia. Habermas. Opinião pública. Poder. Política. Sociologia.

Resumo

Para responder às sociologias desencantadas modernas, como a teoria da decisão racional e a teoria dos sistemas, as quais recordam os inevitáveis momentos de inércia que dificultam a deliberação racional, Habermas imagina uma reconstrução sociológica da democracia deliberativa que divide a sociedade em um centro, formado pelas instituições do estado de direito, as quais tomam decisões, e uma periferia, constituída pela esfera pública, em que surge a opinião pública a partir dos problemas oriundos da esfera privada e que, em condições extraordinárias, pode reverter o fluxo do poder e impor o poder comunicativo sobre as instâncias do estado de direito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aylton Barbieri Durão, Universidade Federal de Santa Catarina
Doutor em Filosofia - Universidade de Valladolid/Espanha, revalidado UFRJ Pós-doutorado em Filosofia - CSIC/Espanha, com bolsa da Fundación Carolina Professor adjunto do Departamento de Filosofia da Universidade Estadual de Londrina
Publicado
2011-04-30
Como Citar
Durão, A. B. (2011). A política deliberativa de Habermas. Veritas (Porto Alegre), 56(1). https://doi.org/10.15448/1984-6746.2011.1.8286