DEL REDUCCIONISMO COMO TEMA DE CRÍTICA FILOSÓFICA

  • Enrique Puchet C. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS

Resumo

No Vocabulaire technique et critique de la philosophie, de André Lalande (5. ed., 1947), lê-se: 'quando se fala em reduzir um fato a certos elementos tem-se em conta seja uma limitação e um empobrecimento inaceitáveis, seja, pelo contrário, uma simplificação útil e legítima que conserva o essencial do fato em questão'. O modo de pensar reducionista, de que se ocupa este artigo, corresponde à primeira daquelas acepções e como tal é criticado com o auxílio de dois autores clássicos, em ordem não cronológica: Hegel e Dante.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1995-12-31
Como Citar
C., E. P. (1995). DEL REDUCCIONISMO COMO TEMA DE CRÍTICA FILOSÓFICA. Veritas (Porto Alegre), 40(157), 67-77. https://doi.org/10.15448/1984-6746.1995.157.35939